Brilho no olhar, por Ana Cecília Basto




https://fbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn1/1378041_609545399083830_581809793_n.jpg


O que foi o jogo de ontem? Já é o dia seguinte, mas continuo impactada pelo jogo de ontem.

Desde que o Flamengo voltou a sua casa, estava indo a todos os jogos.  Esta sequencia foi quebrada por uma gripe que me tirou de 2 outros confrontos.  E ontem, mais uma vez, não consegui ir.

Não, não era a gripe.  Era o nosso espetacular Sócio Torcedor, só que não, que não deixou que eu fosse.  Tentei inúmeras vezes comprar, mas dava sempre erro.   Como já tinha acontecido isto lá atrás e foram debitadas várias entradas no meu Cartão de Crédito, confusão que está me prejudicando até hoje, desisti de comprar.

Várias pessoas queridas, que fazem parte do grupo que sempre vou, insistiram que eu comprasse por outros meios, ou até fosse para Gávea para comprar.  Achei isto um absurdo, pois sou Sócia Torcedora e Sócia do Clube justamente para não ter que me sujeitar a este tipo de coisa.

Mas voltemos ao jogo...

Estar em casa não minimiza meu nervosismo.  Apesar do conforto e do meu inseparável radinho, ouvindo José Carlos Araújo, estava inquieta.  Três TVs ligadas, uma em cada ponto da casa, e uma só torcida a favor do Mengão!

Mas quando vi a nossa Torcida fazendo aquela festa linda, minha emoção me disse que estávamos no caminho certo e que não tinha acontecido à toa o fato de estar assistindo de casa.

Detalhes pequenos foram mostrando o que estaria por vir.

Reparem no VT do jogo, o olhar do Brocador ao sair do túnel!  Um brilho indescritível!  Ali eu vi que seria diferente.  Lembro que cheguei a ficar preocupada por temer dele estar emocionado demais, mas acho que passado um primeiro momento, ele percebeu o quanto poderia fazer feliz a nós todos.

Não foi só ele que ficou impactado.  Léo Moura estava numa felicidade só por estar ali, dividindo a comemoração do seu aniversário com todos nós.  André Santos, Felipe, Paulinho... todos ali extasiados.

Tem também o outro lado.  A cara do Seedorf estupefato por não acreditar num espetáculo daquele... Percebam que o Jefferson nem levantava o rosto para não se abalar.

Não foi só a postura do time, o jeito paizão do Jayme, a noite iluminada do Brocador... O fator fundamental para batermos o Foguinho foi a nossa Torcida! Os jogadores do Faísca ficaram super impactados!  Você via na cara de cada deles o apavoramento!!!!!

Parabéns a cada um de nós, pois estando lá ou não, estivemos em total sintonia com este time.

Falei que não iria ontem, mas que na final estaria para assistir ao Mengão ser Tri-campeão!!!

Obrigada FLAMENGO, pois o mundo seria sem sentido se você não existisse, seja pra nós Rubro-negros, seja para arcoirizada.

P.S.: Eu falava no Twitter que o Jayme deveria substituir o Paulinho, L.Moura e o Brocador antes do final do jogo para que eles fossem homenageados pela torcida. Ele me ouviu!

P.S.2: O que foi a torcida cantando parabéns pra vc para o L. Moura? Seu choro foi lindo!

P.S.3: Me senti no primeiro jogo da Final de 1992 contra o mesmo Faísca.


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.