Dessa vez, Botafogo tem razão pro chororô!





Foi uma grande tacada. Não tem como não bater palmas para a idéia de colocar clássicos regionais na última rodada do Brasileirão. Depois da "facilitada" que Palmeiras e São Paulo deram para  Fluminense no ano passado, seria dificil, por exemplo, um Flamengo chegando com chance de título na última rodada e o Vasco, adversário desde sempre facilitar alguma coisa. Claro que não facilitaria. E assim, a disputa aumentaria. Perfeito.

A CBF só não previu, como no caso do Rio de Janeiro, que faltaria estádio pra tanta decisão. Com Flamengo, Fluminense e Vasco na ponta de cima da tabela, tomou-se um impasse pelo Engenhão, já que teremos Botafogo x Fluminense e Vasco x Flamengo. As opções seriam São Januário, Macaé, Volta Redonda e o Maracanã, que está em obras. Cogitou-se, inclusive, Vasco x Flamengo fora do Rio.

Porém, já foi batido o martelo e o jogo Vasco x Flamengo será no Engenhão, já que o Vasco disputa o título brasileiro. E o Botafogo reclamou, com toda a razão. Por ser o zelador do estádio, por ter o direito ao mando de campo dele, a CBF determinar que o jogo do Vasco tem que ser no Engenhão é uma arbitrariedade. Os caras cuidam do estádio. É um direito deles jogarem onde eles zelam. Simples assim. E pra quem pergunta aonde jogariam Vasco e Flamengo, eu respondo: o que o Botafogo tem a ver com isso para ser prejudicado?

Embora eu ache sensacional essa sacada de se colocar clássicos regionais para a última rodada, faltou planejamento pra CBF (e porque não estou surpresa!) para definição desse tipo de coisa.  Levou semanas para se bater o martelo e, claro, provocou insatisfação.

A última rodada do Brasileirão só terá jogão. Não há jogo que não vale nada. Ou há briga por título ou briga por rebaixamento.

Agora, você rubro negro, me diga: já parou de reclamar do Diego Cavallieri?




Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.