Perdi a conta




http://farm4.static.flickr.com/3471/3738623019_f8c85d2dc1.jpg

O choro é livre. Justo e digno. Anular um gol legitímo, quando o seu time está lutando pelo título é dolorido. Leva a revolta. Nesse campeonato brasileiro, já perdi a conta de quantos jogos fomos prejudicados pela arbitragem. Perdi mesmo. Teve até juiz com dispensa médica para ir a um dentista no fim de semana. Mas fazer o que?

Muitos falarão que teve um penalti no Neymar que não foi dado, o que compensaria o gol mal anulado. Mas, no mesmo lance desse penalti, a bola bateu por último no Neymar, CLARAMENTE, e o juiz deu escateio. Deve fazer parte da má vontade que a arbitragem tem contra o Flamengo.

Eu perdi a conta de quantas vezes a juizada desfavoreceu o Flamengo. Mas o que mais me incomoda é a inércia ABSURDA que o Clube de Regatas do Flamengo tem em relação com esse assunto. Não há pressão. Não há reclamação. É um comodismo desgraçado de uma diretoria que não honra o clube.

E olha a ironia. O Flamengo está levando um baile na política, objetivo final da Presidenta do Flamengo. Temos uma política profissional no cargo, que sempre usou as cores do Flamengo para se eleger como vereadora, usou em campanha pra deputada estadual, mas não consegue representar o Flamengo de forma digna na CBF. Uma tremenda vergonha. Que faz a gente ter essa sensação de ser fracos. Simplesmente fracos.

Como eu já disse, eu perdi a conta de quantas vezes fui prejudicada nesse campeonato. E não é choro. É reclamação mesmo, como se tivessem tirado dinheiro do meu bolso.

Vou parar de reclamar. Basta saber se a diretoria do Flamengo vai reagir.

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.