A arte do patrulhamento





Patrulhar significa rondar, vigiar. Ou seja, quem patrulha toma conta. Verifica. Quem patrulha, marca em cima. Não dá espaço. E foi isso que o Flamengo sofreu no jogo contra o Universidad do Chile. E não patrulhou de volta. O resultado? Nós já sabemos!

Desde os primeiros minutos de jogo, a marcação do adversário foi implacável. Embora a explusão do Airton tenha facilitado o trabalho dos caras, o Flamengo não fez nada para fugir desta marcação imposta, principalmente, no início do primeiro tempo. O resultado? Nós já sabemos!

Os chilenos foram muito melhores, em todos os momentos do jogo. Foram melhores no passe, nas conclusões, no preparo físico e no patrulhamento. O resultado? Nós já sabemos!

Foi mais uma expulsão imbecil do Airton em um lance desnecessário, mais uma atuação pífia do Galhardo, o que mostra que com o Léo Moura estamos ruim, mas sem ele fica pior e mais uma vez o Thiago Neves ao final do primeiro tempo estava exausto. Eu poderia ainda falar dos passes errados do Willians, de mais uma falha bisonha do Welinton ou da péssima fase que o Júnior César se encontra.

Mas as notas das atuações dos jogadores falam por si. Vamos as notas?


E o resultado? Nós já sabemos. E foi justo. Se um time tem que sofrer um apagão para ver o que esta errado para tentar corrigir para a fase final do Brasileiro, que tenha sido nesse jogo. Dos males, o menor. Eu acho. Aliás, depois de uma borduada como essa, no dia seguinte que se escreve sobre a noite bisonha que o TIME TODO teve, é melhor eu usar o "acha" para não dar a falsa impressão que está tudo bem. O Flamengo não pode levar um 4x0 em casa e achar que está tudo bem. Até porque o resultado foi justo. Justíssimo!

Estamos em período de decisão e domingo nós temos mais um jogo importante pelo campeonato brasileiro contra o Santos, no Engenhão. Não teremos Ronaldinho e nem Thiago Neves. Bottinelli se machucou sozinho e pode virar dúvidas em um time que já tem desfalques demais. Renato, que tomou um jogo de suspensão pelo STJD por um lance no Fla-Flu, também pode ser desfalque se o Flamengo não conseguir um efeito suspensivo.

Não temos opção, a não ser ir pra cima deles. Fazer com o Santos o mesmo patrulhamento que a os chilenos fizeram conosco. Continuamos a 3 pontos do líder do campeonato e a cada rodada, temos que diminuir essa diferença. Então, é vencer, vencer, vencer.

Vamos pra cima deles, Mengo!


PS.: Por um problema técnico, não foi colocado as notas para avaliação dos jogadores. Por isso que, excepcionalmente nesse jogo, não houve votação.

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.