Quando o 9 faz gol, convém não mudar!









Eu perdi as contas do quanto cornetei Henrique Dourado. Cornetei em conversas com amigos, no Maracanã, aqui no blog, em rede social... Cornetei porque ele não fazia gol, porque não dava prosseguimento as jogadas e nem de longe o custo beneficio chegou perto do favorável. Porém, se tem uma coisa que eu aprendi com o Flamengo é: se o 9 caneleiro faz gol, não o tire o time.

Não tire do time porque não há coisa mais folclórica do que o 9 no Flamengo. Aliás, Flamengo só é campeão de campeonato grande com um 9 efetivo. Talvez, em nenhum outro time Nunes, Obina, Hernane desse certo se não no Flamengo. O vermelho e preto atrai, pode acreditar.

O jogo contra o Grêmio é decisivo e precisamos ganhar, precisamos fazer gol. Pode parecer piada pedir Henrique Dourado como sinônimo de gol mas é isso aí. É o que temos. E é ele que vai marcar os gols que forem necessários para que comemoremos a classificação.

Coloca o Dourado como titular, guarda o menino Lincoln e Uribe para o segundo tempo, Barbieri. Quando o 9 desencanta, os deuses do futebol agradecem. 


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.