Sigo sem entender essa aproximação do Flamengo com a CBF.




Dunga e Eduardo Bandeira de Mello (Foto: Lucas Figueiredo/MowaPress)

E não é que, após mais uma derrota, a diretoria do Flamengo conseguiu me assustar ainda mais?  Ou você já entendeu o Eduardo Bandeira de Mello, nosso presidente, sendo chefe de delegação do time da CBF?

Eu ainda não entendi. O Flamengo foi um dos principais clubes a ser contra a um monte de coisas que a CBF vem fazendo no futebol. É um dos fundadores da Primeira Liga, que tem a intenção de colocar os clubes mais fortes no contexto do futebol brasileiro. Cansou de ser prejudicado por arbitragens que são chanceladas pela CBF. Houve critica, houve indireta, houve embate, houve nota oficial. E, agora, o presidente do Flamengo se aproxima dessa instituição que é investigada por crimes e mais crimes dentro e fora do país.

Claro que tem uma explicação. Essa diretoria do Flamengo está longe de ser boba. Está longe de ser ingênua. Mas a grande questão que fica é: e a credibilidade, onde fica? Não dá para ter credibilidade falando contra uma coisa e se "aliando" a ela, por maior que seja o interesse.

Essa história está igual a história da mulher que resolve se juntar com o ex-marido fdp. A mulher pode até ter os seus motivos, mas é inegável que as pessoas que apoiaram a mulher contra o dito cujo vão ficar chateadas, decepcionadas. 

É assim que eu me sinto com o presidente do Flamengo. Fã que era do cara, sigo sem entender essa aproximação com a CBF.



Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.