A razão do Mattheus




http://odia.ig.com.br/polopoly_fs/1.451231!/image/image.jpg_gen/derivatives/landscape_575/image.jpg

Esse disse me disse envolvendo o Mattheus ainda vai longe. Mas eu espero que não!

Vamos recapitular a história:

Mattheus tem 18 anos, no fim do ano encerra o seu contrato e ele ganha de salário R$ 2.500,00 ( informação do seu empresário). A partir de junho já pode assinar um pré-contrato com qualquer outro time. A Juventus, da Itália, tem interesse em adquiri-lo. No fim do ano, sai de graça para os italianos. Agora, os italianos podem pagar alguma coisa para o Flamengo, que tem 80% do passe. Os outros 20% são do proprio jogador, que abre mão desse valor para ser negociado. Mattheus diz que não foi valorizado pelo Flamengo na gestão passada, quando quis renovar o contrato e não foi procurado. Flamengo faz jogo duro com a negociação porque quer a renovação do contrato com uma "jóia".

Mattheus tem razão. Enquanto ele ganhasa R$ 2.500,00, teve que aturar um quarto goleiro, vindo da base do Flamengo, ganhando quase 18 x mais. O Marcelo Carne, dispensado e que saiu falando mal do clube em Rede Social, ganhava em torno de R$ 20 mil. Basta dar uma procurada no Google para se certificar. Eu, no lugar do Mattheus, ficaria danada do juizo. Agora que eu tenho a faca e o queijo na mão, por que abriria mão da "minha razão"? A não valorização do Mattheus, se a história contada na imprensa não for mentira (e não acredito que seja) é mais um pecado da administração da Patricia Amorim. Mais um sapo que a administração do Eduardo Bandeira de Mello terá que engolir.

Para não engolir mais um sapo, ou pelo menos esse, o Flamengo de hoje luta com o que tem. Propôs a renovação com Mattheus (que deveria ter sido feita no passado pra evitar o que está acontecendo agora), dificultou a saída para a Juventus, endureceu com o garoto em treinamento e afastamento do time, está tendo reuniões com a empresa que cuida dos interesses do jogador e vez ou outra tem sempre alguém falando o quanto conta com ele para 2013. 

Para ser o jogador que é hoje, o Flamengo investiu dinheiro no Mattheus. E a possibilidade de ver esse investimento não valer tanto quanto acha que poderia, está fazendo o Flamengo de hoje ir atrás do que o Flamengo de ontem não foi.  Resta saber se Mattheus dará chance para o Flamengo de hoje.

Não tiro a razão do Mattheus, embora ache que ele não mostrou nos profissionais do Flamengo o quanto ele joga. Sair agora, para o exterior, pelo preço que está se especulando, é acreditar de menos num futebol que muitos rubro negros acreditam demais.

Seja como for, que Mattheus não leve a sua história ao mesmo nível que foi a história do pai dele com o Flamengo. É só o que eu torço!


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.