Destaque RN: Djalminha










Djalma Feitosa Dias, mais conhecido como Djalminha (Santos, 9 de dezembro de 1970), é um ex-futebolista brasileiro, que atuava como Meia-esquerda.

Era filho de Djalma Dias, também jogador da Seleção Brasileira.

Tinha como características principais de um Meia clássico: o domínio de bola preciso, além de dribles desconsertantes e passes/lançamentos milimétricos demonstrando toda sua técnica e criatividade.

Djalminha jogou no Flamengo, Guarani e Palmeiras, mas foi no Deportivo, da Espanha, onde passou grande parte da carreira.

Formado nas divisões de base do Flamengo, Djalminha fez seu primeiro jogo, entre os profissionais, em uma partida contra o América-RJ, válida pelo Campeonato Carioca de 1989.

No ano seguinte, fez parte do elenco vencedor da Copa do Brasil de Futebol de 1990 juntamente com companheiros dos juniores vencedores da Copa SP do mesmo ano. Curiosamente sete campeões participaram dos jogos contra o Botafogo na final do Campeonato Brasileiro de 1992, que rendeu o penta brasileiro ao clube: Fabinho, Júnior Baiano, Piá, Nélio, Paulo Nunes, Marcelinho Carioca e Djalminha.

Em 1991 o time começou a jogar no formato tático que lhe daria o penta campeonato brasileiro no ano seguinte, com Gaúcho centralizado na área como referência no ataque e 2 pontas: Marcelinho Carioca ou alternadamente Paulo Nunes pela ponta-direita e Nélio ou alternadamente Djalminha pela ponta-esquerda. 

Tinha um futuro promissor na Gávea, contudo, após uma discussão e troca de empurrões, com o então companheiro de equipe Renato Gaúcho em 1993, viu-se longe dos holofotes e da Seleção Brasileira, onde era nome cotado para a Copa América de 1993, deixando o clube pela porta de trás.



Títulos no Flamengo:

  • Copa do Porto Hamburgo: 1989
  • Taça Guanabara: 1989
  • Troféu Seis Anos da TV Manchete: 1989
  • Troféu Clássico das Multidões: 1989
  • Copa São Paulo de Futebol Junior: 1990
  • Copa Marlboro: 1990
  • Torneio de Verão de Nova Friburgo: 1990
  • Pepsi-Cup: 1990
  • Copa Sharp: 1990
  • Taça Associação dos Cronistas Esportivos de Sergipe: 1990
  • Torneio Quadrangular de Varginha: 1990
  • Copa do Brasil: 1990
  • Campeonato Carioca: 1991
  • Taça Rio: 1991
  • Taça Estado do Rio de Janeiro: 1991
  • Copa Rio: 1991
  • Campeonato da Capital: 1991,1993
  • 1992
  • Troféu Eco-92: 1992
  • Taça dos Campeões Brasileiros: 1992
  • Torneio Libertad: 1993
  • Troféu Raul Plasmann: 1993

Após parar de jogar, profissionalmente, Djalminha passou a dedicar-se ao showbol, uma modalidade diferente de futebol de salão.

No Mundialito de Showbol de 2006, realizado na cidade de Jerez de la Frontera, na Espanha, Djalminha foi o artilheiro da competição, vencida pelo Brasil. De quebra, ainda foi eleito o melhor jogador daquele campeonato.

Em 2007, no primeiro Torneio Rio-São Paulo de Showbol, Djalminha jogou pelo Flamengo, ao lado de velhos companheiros dos tempos de juniores no rubro-negro.

Em julho de 2009, ele conquistou com o Flamengo o Campeonato Brasileiro de Showbol diante do Santos, com o placar de 11 a 8. No dia 30 de abril de 2010 voltou a conquistar o Campeonato Brasileiro de Showbol pelo Flamengo, derrotando o Corinthians por 9 a 7, e dando o bicampeonato ao clube carioca.

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.