2009 x 2011: É válido comparar?




Faltando 6 rodadas para o fim do campeonato, estamos a 6 pontos do líderes. Igualzinho a nossa última conquista épica. Igualzinho a 2009. Então vamos todos comparar a 2009 e achar que nosso caminho está facilitado, certo?

Errado. Mas, claro, vou explicar porque não dá para comparar o esse ano com o ano de 2009.

1 - As campanhas são totalmente diferentes. Em 2009, chegou em um momento do campeonato que lutávamos para não cair. Então, qualquer esforço mirava o rebaixamento. Nesse ano, nunca lutamos para não cair. Sequer frequentamos a segunda página da tabela. A galera reclama, xinga, mas a campanha durante o campeonato se pensarmos em posicionamento de tabela não é ruim.

2- A história do time é diferente. Em 2009 recebemos jogadores que acabariam sendo fundamentais ou importantes na campanha final ao longo do campeonato. Logo, o time foi se acertando aos poucos. O time que começou o campeonato não tinha Adriano, Pet, Maldonado, Álvaro. Mas eles chegaram e "ajeitaram" o time do Flamengo. Em 2011, começamos o campeonato com nossa principal estrela, com jogadores importantes e os que entraram ao logo do campeonato não fizeram grandes diferenças até agora. É claro que não estou negando a importância do Airton e do Alex Silva, mas será que eles tem a importância pra esse time como um daqueles quatro tiveram para o de 2009?

3- Em 2009, embora tivéssemos a contusão do Maldonado nos últimos jogos e a bolha do pé do Adriano no finzinho do campeonato, esse ano fomos prejudicaods demais por contusões. Foi a Airton que se contundiu quando tinha arrumado a nossa cabeça de área com os zagueiros. Teve o Maldonado, que é sempre um jogador importante pela qualidade de passe e pelo posicionamento em campo, além da experiência. Aí, quando estava começando a se acertar no meio de campo do Flamengo, Luis Antonio cai de um jeito esquisitissimo e só joga ano que vem. Thiago Neves se machucou e demorou a voltar ao ritmo do campeonato carioca, em que foi escolhido o melhor jogador. Alex Silva ficou fora vários jogos por causa do problema do joelho, além de ter demorado a estrear. E sem contar o Botinelli que quando teve uma sequencia de jogos, decidindo inclusive um Fla-Flu, parecia que iria engrenar no time titular mas teve uma fratura no pé. Eu não me lembro de em 2009 ter tido tantos problemas que atrapalhassem o time titular.

4 - Em 2009 tínhamos o Maracanã. Em 2011 temos o Engenhão. É claro que essa comparação é óbvia e nem preciso dizer o flamenguista não abraçou o Engenhão como estádio, o que é uma bobeira. E daí que o estádio não tem acústica? Time de 2011 fez muito mais que o de 2009 para ser apoiado. O time de 2011 vacilou como o de 2009 vacilou também. Ou você vai ter a cara de pau de dizer que esqueceu a goleada de 5x0 para o Coritiba na qual o Bruno, capitão do Hexa, levou dois gols inacreditáveis? Então, para mim, esse argumento que o time joga sem raça, sem sangue e bla bla bla, é fraco. Quem é Flamengo é Flamengo. No peito e na raça. E sabe porque você acha que o time do Flamengo está sem raça? Porque a raça do time, que é a torcida, não está no estádio. Ou você acha que público de 10 mil pessoas é público pra jogo do Mengão?

5 - O time de 2009 abraçou o técnico. Jogou pelo técnico. Muitos acham que O esquema que o Flamengo tinha em campo em 2009 foi achado por acaso, sem que houvesse grandes testes. E o esquema só deu certo porque os jogadores se empenhavam, e muito. Talvez por isso muitos achem que falta disposição a esse time que está aí em 2011. O time de 2011 não tem essa de jogar pelo técnico. Quando ficamos 10 jogos sem ganhar, não foram poucos os torcedores que acharam que havia jogadores com má vontade para derrubar o Luxemburgo. E tinha jogador em campo jogando com má vontade mesmo, com uma preguiça monstra.

Mas não é só diferença. Há semelhanças de 2011 com 2009 que fazem uma legião de gente acreditar que esse ano o Hepta será nosso. Temos a força da nossa torcda, que é mágica. Ah, se a Nação soubesse o poder que ela tem.... Temos o craque do time completamente comprometido com Flamengo. Isso serve como exemplo para o grupo. Então, enquanto houver chance, te garanto que eles lutarão. O técnico de hoje, assim como o de 2009, macacos velhos no futebol, jogam a pressão para fora do time quando fala/falava que o objetivo é a Libertadores. Ou você acreditava no Andrade quando ele falava que o objetivo era a Libertadores? Você acredita que um técnico vitorioso como Luxemburgo não quer um título de Brasileiro pra esfregar na cara de tudo que é crítico?

Assim como em 2009, em 2011 precisamos muito do secador. Mas quem foi que disse que o universo não pode conspirar, de novo, a favor do Mengão?

http://dexaketo.files.wordpress.com/2011/10/secador-do-flamengo.jpg

Pode-se até ter fatores para aproximar esses dois anos, mas tem muito para afastar. São dois anos diferentes, com elencos MUITO diferentes, mas a torcida tem que dar a oportunidade desse time de 2011 poder contar com ela como o de 2009 contou. E não é só em Engenhão. É no Brasil inteiro. Teremos jogo em Goiás, em Curitiba... É hora da Nação mostrar que está no Brasil inteiro.

A ano de 2011 pode ser melhor do que o de 2009. Basta acreditar!


Vê mais alguma diferença? Alguma semelhança? Escreve aí nos comentários!

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.