Grêmio x Flamengo pela Copa do Brasil: o que eu tive...









Eu tive emoção no coração. Eu tive aperreio na pizzaria sem televisão, sofri com os tweets dizendo que o time não estava mal mas perdia por 1x0 e quando eu cheguei em casa, vi o Flamengo triturando o Grêmio no ataque.

Por causa de um evento, vi apenas os últimos 25 minutos de jogo. Aqueles últimos 25 minutos que todo rubro-negro merece ver quando o Flamengo está em campo. Foi um massacre de um time que buscou o gol de forma orientada, sem se desesperar com cruzamento na área e a personificação da história do Flamengo que eu pedirei a licença para usar o caps lock: NÃO EXISTE FLAMENGO CAMPEÃO SEM UM 9 QUE MARQUE GOL. Um moleque, 9 purinho, se adiantou a melhor dupla de zagueiros do futebol brasileiro e marcou o gol de empate no último lance do jogo. Numa jogada que começou com a movimentação do espetacular Everton Ribeiro, continuou com o lateral esquerdo indo a linha de fundo e terminou com a explosão de milhões de mulambos espalhados pelo mundo.

As atuações do Cuellar e do Everton Ribeiro são de tirar o chapéu, o Barbiere merece elogios por colocar o time para cima mas, acima de tudo, temos que enaltecer e bater palma para o espírito de luta de um time que não se deu por vencido. Contra o Grêmio, tivemos uma demonstração prática do "ISSO AQUI É FLAMENGO."

O jogo de volta, que fecha esse confronto, é dia 15 de agosto, no Maracanã.

Vamos Flamengo!


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.