Fla Volei rumo ao topo








volei feminino fla

O Esporte Olímpico do Flamengo apresentou a sua equipe de Volei Feminino para a disputa da Superliga B. Com isso, está criado, oficialmente, o time que vai em busca de uma nova conquista da Superliga, como foi a de 2000/2001.

O técnico que será responsável pelo projeto é Alexandre Dantas, que também é supervisor das categorias de base da Seleção Brasileira. Confira a relação completa de atletas do vôlei do Flamengo:

Meio de redes: Juliana, Luiza, Nandyala
Levantadoras: Rafaela, Thaís e Laura
Ponteiras: Natasha, Angélica, Juliana, Thayná e Nayara
Oposta: Maria
Líbero: Fernanda 

A história...

O Flamengo tem um passado de vitórias no voleibol brasileiro porém está ausente do cenário feminino nacional há algum tempo. Na temporada 2000/2001, o  time do Flamengo - que contava principalmente com Virna e Leila, ambas da Seleção Brasileira - venceu o rival Vasco da Gama por 3 jogos a 1 e conquistou seu único título de Superliga até hoje. O clube já tinha sido bicampeão brasileiro em 1978 e 1980, mas esse é o único título do clube desde que o torneio mudou de formato.

O inicio do vôlei feminino do Flamengo foi na década de 1940 e revelou duas campeãs olímpicas: Fabi (bicampeã, 2008 e 2012) e Valeskinha (2008). Na história do clube, há também outros nomes gigantes: Isabel Salgado e Jaqueline. A dupla foi revelada pelo Rubro-Negro e é até hoje referência na história do esporte brasileiro; o vestiário do vôlei feminino do Rubro-Negro foi nomeado em homenagem às duas atletas.

A partir de janeiro de 2019, o plantel feminino irá disputar a Superliga B. O principal objetivo é garantir o acesso à Superliga e recolocar o Flamengo entre os times da elite do vôlei nacional. 

#VamosFlamengo


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.