Flamengo é líder da NBB




Na semana passada, o Flabasquete jogou duas vezes : quinta-feira, contra o Bauru, que era, até então, o único time invicto do campeonato e sábado, contra o Liga Sorocabana, jogo esse que foi a despedida de Leandrinho do time.

Na quinta, contra o Bauru, o basquete rubro-negro venceu por 81 x 66, num jogo cheio de altos e baixos. Caio Torres foi o cestinha da partida, com 19 pontos, porque foi o jogador mais acionado da equipe. Porém, errou muitas bolas e até chegou a dar um passe para o adversário. Kammerichs e Leandrinho vieram em seguida, com 16 pontos cada um, sendo que o Jacaré (Kammerichs) ainda pegou 14 rebotes (isso mesmo, 14 rebotes). Depois, vieram David Jackson, com 15 pontos e Marcelinho com , “apenas” 11 pontos.

No primeiro quarto, o time começou bem, com Caio Torres acertando a mão e terminamos o quarto com 22 x 13 no placar. Porém, no segundo quarto, o time foi instável e deixou o Bauru empatar em 31 x 31, que foi o placar final do primeiro tempo.

No terceiro quarto, de novo o time foi instável e, depois de abrirem 14 pontos, os jogadores deixaram o Bauru encostar . Com isso, o placar desse quarto terminou 54 x 49 para a gente. No quarto final, finalmente o time deslanchou, aproveitando inspiração de Leandrinho e assim, vencemos, até com uma boa vantagem, esse jogo.

No sábado, contra a Liga Sorocabana, não tivemos maiores dificuldades. Todos nós sabíamos que seria um jogo fácil, sem maiores dificuldades. Mesmo assim, surpreendentemente, o Tijuca estava lotado pra ver a despedida (ou o até logo) de Leandrinho. O até logo fica por conta da possibilidade de Leandrinho retornar para os playoffs da NBB. E, na sua despedida, ele foi o cestinha da partida com 24 pontos. Em seguida, vieram Kammerichs, com 15 pontos, Marcelinho, com 11 pontos, o contestado Átila, com 10 pontos e duas enterradas que levantaram a galera do Tijuca e David Jackson, também com 10 pontos.

Sobre o jogo em si, não há muito o que falar. Foi um domínio rubro-negro do começo ao fim. O placar final de 93 x 55 resume, fielmente, a superioridade do time do Flamengo frente ao time paulista. O mais legal ficou por conta das homenagens a Leandrinho, que ficou visivelmente emocionado. Primeiro, a torcida gritou “Fica Leandrinho”. Depois, cantou “aaaahhhh, Leandrinho vai voltar, Leandrinho vai voltar, Leandrinho vai voltaaaaarrrrrr”.  Leandrinho ganhou uma placa das mãos de Marcelinho e uma camisa emoldurada das mãos de Patrícia. No discurso, falou que pretende voltar, que se sentiu em casa aqui, elogiou os companheiros de time e falou que ia, mas voltava.

Uma pena Leandrinho sair agora que o time estava começando a se encaixar. Mas, Hélio, que não fez uma boa temporada ano passado, começou muito bem essa temporada e deverá dar conta do recado. No mais, é esperar e torcer pela volta de Leandrinho para os playoffs. O próximo jogo do FlaBasquete é na próxima quinta, contra o Joinville.

A nota triste fica por conta do tumor de Teichmann, nos testículos. Com isso, o jogador tem que ficar afastado da equipe durante um bom tempo. Teichmann fez a cirurgia ontem, segunda-feira, e já sabemos que correu tudo bem. O desejo de todos é que sua recuperação seja a mais rápida possível para que ele volte logo ao time.


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.