30 de outubro de 2009

O incrível orgulho


>





Sou maior sem vergonha né? Em uma semana importantíssima para o Mais Querido, fiquei sem escrever uma virgula aqui no blog. Mas não falarei do impedimento que o juiz não marcou, nem a Petdependência que o Mais Querido criou. E muito menos do mimimi que o Juan teve quando foi substituído.

Se a derrota de quarta fosse há algum tempo atrás, estaria estressadíssima.  Saca a mulher que promete ao maridão que chega cheio de cerva na cabeça não vai cuidar dele? Então. Eu teria prometido que não veria mais um jogo do Flamengo. 
Mas aí, de madrugada, a tiazinha pega o engov e cuida do bebum, que ela não troca por nada e se alguém falar mal do bebum é capaz dela cortar relações para sempre. Mas o que será que leva a tiazinha a cuidar do bebum?

Não é a primeira vez que o Flamengão dá uma de bebum escroto. E não será a última. 

Estou em uma fase que perdendo ou ganhando, para mim, o Flamengo é o Flamengo.  E quando eu li hoje que a torcida do Flamengo lotará o Maracanã amanhã no jogo contra o Santos, me arrepiei toda. Meus olhos encheram de água. Até porque meu incrível orgulho de ser Flamenguista, de ter o Flamengo na minha história, é muito maior do que um porre mal curado. 

E que o maridão não apareça bebum amanhã novamente. Mas se aparecer, Uma vez Flamengo, Sempre, sempre, sempre Flamengo.

Flamengo até morrer, eu sou!

Espero que você tenha gostado desse texto! Segue no Instagram!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Postagens mais visitadas

Todos os posts deste blog