Credo, que delícia!










Sai pra lá, tabu! Com uma atuação sofrida mas histórica,o Flamengo estreou fora de casa com vitória em cima do San José, na altitude e fez a nossa alegria na terça-feira de carnaval.

Eu sei que é covardia falar a atuação do time numa altitude que fez jogadores perderem o ar, literalmente. Porém, da atuação todinha do Flamengo contra o San José, só queria mencionar como é difícil pro nosso técnico entender que o time precisa saber jogar de acordo com as situações do jogo. Num jogo como esse, com o time MUITO superior ao adversário e na altitude, o Flamengo precisava da posse de bola para fazer os nossos jogadores correrem menos. Tivemos um time justamente fazendo o oposto disso. Sorte nossa que o Diego Alves fez a melhor atuação com o Manto e não passou nada por ele. Com 6,7 defesas ao longo do jogo, o resultado poderia ter sido diferente. Como não foi, é para glorificar de pé o entrosamento do Gabigol com o Bruno Henrique e comemorar a inédita vitória em estreia fora de casa na Libertadores.

A altitude foi mesmo o maior adversário que o time teve mesmo com o Abel no banco. Rene pregado, Diego meio perdido, Pará quieto no canto, Arrascaeta lento demais. Menos mal que tivemos Diego Alves, Leo Duarte, Rodrigo Caio, Bruno Henrique e Gabigol com atuações dignas de 10, nota 10.

Sofremos, mas vencemos.  Agora temos 3 jogos em casa seguidos para garantir logo a classificação para as oitavas de final e não dar sopa para o azar. Até porque azar e Libertadores andam juntinhos quando o assunto é Flamengo.

Próxima semana tem mais Libertadores e desta vez é no Maracanã.

Vamos, Flamengo!



Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.