Teremos terceiro jogo na final do Carioca de Basquete




Vasco x Flamengo, final do Estadual de basquete, jogo 2, São Januário (Foto: André Durão)


O titulo do Carioca de basquete vai ser mais dificil do que se imagina. Com a bagunça estabelecida pela federação de basquete do Rio de Janeiro, com cachorro e gato entrando na quadra, o Vasco venceu o Flamengo na segunda partida da final por 104x98 e forçou um terceiro jogo que ainda não sabemos quando nem onde acontecerá.

Hélio, do Vasco, foi o nome do jogo. Muito bem na marcação, conseguiu tirar os rivais do sério durante a partida, inclusive com trocas de provocações com Marcelinho. No ataque, marcou 36 pontos, com cinco cestas de três e um aproveitamento de 71,43% nos arremessos – 14 tentativas, 10 acertos. David Jackson, com 24 pontos, foi outro destaque. Do lado rubro-negro, Marcelinho, com 27 pontos, e Marquinhos, com 24, foram os grandes nomes. O segundo, porém, estourou o número de faltas no fim e saiu do jogo, prejudicando uma tentativa de reação de seu time.

O Flamengo não teve muito o que fazer. Com 6 jogadores adultos, rodando pouco os jogadores em quadra, jogamos o tempo quase todo com Marcelinho em quadra porque o Marquinho se pendurou com 4 faltas logo. Com os jogadores pendurados, a marcação afrouxou e conseguimos levar 104 pontos do Vasco.

Espero que, no próximo jogo, o Flamengo consiga trazer o 12º título seguido. O terceiro jogo segue indefinido. A partida estava inicialmente marcada para sexta-feira. O Flamengo, que tem o mando de quadra, quer levar o jogo para o ginásio do Tijuca, com portões abertos. Segundo o GE, o Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe) afirmou não ter contingente para garantir a segurança, por conta da partida entre Fluminense e Vitória, pelo Campeonato Brasileiro de futebol, no Maracanã. No sábado, a situação se repete: Botafogo encara o Coritiba, na Ilha do Governador. O Rubro-Negro ainda tenta a liberação, mas o mais provável é que a partida seja marcada para a próxima semana. Vice-presidente de esportes olímpicos, Alexandre Póvoa, porém, fala em um “acordo de cavalheiros” com a Liga Nacional de Basquete para que todos os estaduais terminem até o dia 30 de outubro, por conta do NBB. Não há, no entanto, nenhum impedimento contratual para o adiamento.

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.