Quando errar não é humano.



Para quem gosta da histórinha de que fomos eliminados mas saímos de cabeça erguida porque jogamos bem, o jogo de ontem foi pra se deliciar.  O jogo de ontem foi para nego bater no peito e dizer que tem orgulho de ser Flamengo, que ser Flamengo é muito bom e bla bla bla. Igual foi em 2009 na Libertadores e na Copa do Brasil. Igual foi em 2008 também. Jogo esse que ainda pode ter um ingrediente lamnetavel, que foi a atuação pífia de um juiz.

Cá entre nós,  Flamengo não podia ter deixado a classificação escapar. Com menos de 30 minutos de jogo, já tínhamos feito o resultado. Tomar gol em cobrança de falta, de cabeça do centroavante do time adversário, que estava livre na área, é inaceitável. Em um jogo decisivo, inconcebivel. Ou qualquer outra palavra que se queira usar em uma situação como essa. Nesse caso, errar não é humano.

Errar também não humano pro juiz não. A gente admite um erro. Dois erros. No terceiro, a gente começa a xingar. Mas quando é como foi ontem, o que a gente faz? Ignora (porque chorar é coisa de Bostafoguense)? Lamenta (porque não somos o Vascu pra ter Peeeeenalti pro Vascu)? Fica triste ( porque estamos com o gosto amargo de ser eliminado como o Flu é sempre)? Você escolhe a sua atitude. Eu já escolhi a minha. Como não sou nenhum desses três, minha cabeça continua erguida, meu orgulho está aflorando e eu amo o Flamengo mais que nunca.

Mas vamos as notas do jogo de ontem:



Foram dadas as notas, não tem muito o que comentar. Mas se as 3 assistências que o Ronaldinho fez tivessem sido gol, ele estaria calando a boca do Zagalo e de um monte de corneta que tem por aí. A nota do Egidio só não foi "Zero" por causa da dancinha dele. A homenagem ao Lacraia não poderia ficar de fora. Não viu? Clica aqui!

O restante das opiniões estão no 18º #Lulucast, falando do time e da atuação ridícula do juizão. Ouve que você não se arrependerá.

Agora é bola pra frente. Levantar a cabeça, sacodir a poeira e torce para que esses 10 dias que vem pela frente sem compromisso seja bom para o Flamengo evoluir como time. Porque parece que o Flamengo aprendeu a jogar com essa formação. Finalmente.

E pra você? Quem foi o melhor e o pior do jogo (tirando o Egidio, claro!)?
Espero que você tenha gostado do texto. Aproveite e confira também:

Poste um Comentário




Próximo
« Prev Post
Previous
Next Post »
0 Comentários

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!