10 passos para se fazer uma criança Flamenguista








Perpetuar tradição é uma dos maiores desafios da sociedade moderna. Embora haja um esforço enorme para se conservar a receita do bolo da Vovó, com o aparecimento de novos ingredientes e novas formas de se fazer o bolo, é praticamente impossível que a receita não sofra modificações para facilitar o feitio.  Mas tem algumas tradições que permanecem e fazer de cada criança um torcedor do Flamengo deveria ser um objetivo como é educar um filho. Nesse momento, todo rubro-negro deveria seguir o que Jacqueline Kennedy falou: que os pais podem ter todo o sucesso em suas vidas, mas se fracassassem na educação de seus filhos, fracassariam em tudo. Cada rubro negro que deixasse uma criança descambar para outro subtime, deveria ser punido pelo fracasso. 

Exemplo um adolescente flanático saudável, bonito e inteligente.


Mas como fazer uma criança, que ainda está formando opinião, aderir a uma paixão, a um amor que nós, adultos felizes, inteligentes e ixxxxxxpertos, sabemos que é o caminho mais seguro a seguir para evitar decepções? 

Vamos a eles:

1) A iniciação de uma criança à Nação se dá com uso de roupinhas guti guti, que deve ser o primeiro tipo de roupa que se deve comprar para um bebê. Ninguém se lembrará de uma criança recém-nascida com um macacãozinho verde bebê com uma flor na lateral. Maaaaaas se você tirar uma foto de uma criança com um macacãozinho do Flamengo, com gorrinho do Flamengo e com sapatinho do Flamengo, vai percorrer e-mails dos amigos, ficará em destaque no álbum da família e quando a criança crescer, vai virar motivo de orgulho. Pode acreditar. Aliás, quantas roupinhas do Flamengo você deu para filhos de amigos, parentes etc? 

2) Assim como a Páscoa dos judeus se inicia com a bênção do vinho ou kidush e termina com a apresentação de uma série de canções, uma mãe, pai, padrinho e etc que se preze tem a obrigação de cantar para a criança, desde o ventre, músicas que exaltem o Flamengo ou avacalhe adversários. Cantar "Dá-lhe, dá-lhe, dá-lhe, ôôôô" ou "Vamooo Flamengo, Vamo ser campeões, Vamo Flamengo" ou "Dança, dança, dança a dança da Bundinha, no Maracanã, Bacalhau virou sardinha" ou ainda " E ninguém calaaaaa esse chororô..."  é pré requisito básico na vida de um futuro adulto feliz e satisfeito.

3) Embora para uma criança seja mais fácil ecoar primeiramente as síladas "Mama" e "Papa", é importante que, desde cedo, ensine a criança a cantarolar... Então o "Ôooooo, mengoooo" além de ser uma canção de ninar para acalmar o(a) agraciado(a), deve ser um "grito de guerra". O bebezinho rubro-negro deve rir fazendo "ôoooooo". Como fazer isso? Sempre quando for dar uma coisa que ele quer e que sabe que ele vai se satisfazer, diga " Quem faz a alegria do povo, quem faz?" E depois você fala: "Mengoooo" e entrega o objeto desejado a criança.

4) Coloque sempre a cruz de malta, a estrela solitária e o cartola, mascote do flor (que só fui descobrir que se chamava cartola depois de uma busca no google) juntos de figuras de monstros mais terríveis, mais horrorosos. Diga que eles são amigos do bicho papão e do homem do saco.

5) Deixe a criança bem vestida. O fornecimento de roupas para uma criança em todas as idades é fundamental para que ela tenha orgulho de vestir o Manto. O uso de camisas divertidas, em diferentes fases da infância, faz com que a criança tome uma identidade que será difícil ela se desfazer quando crescer e achar que tem de mudar de opinião. 

6) A criança pode aprender coisas de duas formas: pela repetição e pela imitação. Então, repita, sempre, o quanto o Flamengo é poderoso, mágico, lindo, maior torcida do mundo, espetacular, magnífico, emocionante, maior que o abismo, triturador do futebol e blá blá blá.  Mas se você é filho da puta corneteiro que fica nervosinho e xinga o Flamengo, você não merece formar uma criança Flamenguista. Sua anta, a criança aprende por imitação também! Ela vai achar engraçado você pulando igual a um macaco reclamando do Flamengo e vai achar graça. E vai querer fazer também. Portanto, não faça isso na frente de uma criança. Ela vai aprender que pode xingar o Flamengo. E não pode. 

7) Ensinar o hino do Flamengo para uma criança rubro-negra é mais importante do que ensinar o hino nacional. Ora, muito mais importante, porque além de ela usar mais, o hino do Flamengo é obrigação todo rubro-negro saber. A criança rubro-negra, antes de começar um jogo do Flamengo, tem que cantar o hino do Flamengo, em pé, com a mão direita no lado esquerdo do peito. Pode até não assistir o jogo, porque aí você está querendo demais, mas o "Uma vez Flamengo, sempre Flamengo" tem que ser perpetuado e cantado como motivo de orgulho.

8) Levar uma criança ao templo sagrado do Maracanã para ver o Flamengo atuando é a melhor herança que você deixará. É impossível que não haja um encantamento com a torcida. É impossível que os bracinhos de uma criança não se levante quando surge o canto da torcida. 

9) Reforçar, principalmente antes dos jogos, o quanto é legal ser Flamengo e o que vocês podem fazer para ajudar o Flamengo a prosperar é um dos exercícios mais prazerosos que se pode ter. Eu nunca me esquecerei dos cartazes que minha mãe falava pra eu fazer para incentivar os jogadores. Momentos doces, lindos e mágicos. Quem é capaz de convencer uma criança de 10 anos que o Flamengo não foi campeão em 87 por causa dos cartazes que ela fez pro Zico, pro Renato Gaucho e pro Bebeto? 

10) Ensine que a Nação tem um Rei. E que esse Rei é eterno. Coloque uma foto do Rei Zico e de diversos príncipes do Flamengo em um painel lindão ensinando que aqueles caras são legais e que eles proporcionaram muita alegria e felicidade para milhões de pessoas. São HERÓIS!!! Colocar uma foto do Zico ao lado de uma foto do herói do momento da criança também não é nada mal. Mas se o herói do momento for alguma coisa como Restart ou Justin Bieber, bota essa criança tricolor para se benzer e não suje a foto do Zico! Desista dessa idéia.

Se você seguir 60% desses passos, perpetuaremos essa honra inexplicável do que é SER FLAMENGO. Mas se você falhar, é claro que, mesmo sendo rubro-negro, merece punição. Qual será? 

Deixo os comentários abertos para sugestões!!! 



Comente:



22 comentários:

  1. SENSACIONAL!
    Vou falar sério aqui..
    Tenho 24 anos e meu maior sonho é ter um filho rubro-negro. Mas meu maior pesadelo é não ver isso acontecer, ou pior, ver ele torcendo pra outro. Isso me faria sentir um fracassado.

    Confesso não saber exatamente como estruturar esse processo de como tornar meu filho rubro-negro. Penso, claro, que seja um processo natural e isso vem do coração. Mas em contrapartida, eu jamais conseguiria deixar as coisas acontecerem naturalmente e esperar pela "sorte" dele se apaixonar pelo Mais Querido.

    Seguir esses 10 passos ou, simplesmente, deixar acontecer? Seria justo eu "forçar" a barra? Não foi assim que me tornei um flamenguista. Será que deveria deixar meu filho à vontade, assim como fizeram comigo? Uma prova disso, como disse num texto da Dani Souto, não tenho nenhuma foto com a camisa do Flamengo quando era pequeno. Me tornei rubro-negro naturalmente.
    Seria justo forçar a barra pro meu filho ser um flamenguista? Sinceramente, eu não saberia responder.
    Esses assuntos sempre me emocionam bastante.

    Saudações Rubro-Negras!

    @RenatoCroce (Alexi Lalas)
    www.flamanolos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. sensacional
    by @livinhojcs (nao sei postar nesse seu blog.. mto confuso! srsrsr)

    ResponderExcluir
  3. Bacana o texto!

    O Chivas que é nosso principla rival em termos de torcida a nivel mundial já percebeu isso.A subida de sua popularidade(torcida) se deve há varios elementos e um desses é esse.

    O clube também também pode contribuir com isso,apesar que ainda percebo que eles ainda não acordaram para isso.

    ABS e SRN!
    Sturt

    Coluna do Stur no ar no blog Flamengo Show.
    Visite e comente:
    http://flamengoshow.blogspot.com/2010/11/entre-outras-coisas-as-financas-rubro.html

    ResponderExcluir
  4. Sem dúvida, um dos textos mais divertidos que já li sobre o tema! Ri um bocado, chorei de rir!
    Meu filhote que, pra meu orgulho, está ilustrando o post, é Flamenguista fanático como eu. Pode me acompanhar ano passado, qdo moramos no Rio, a 12 jogos no Maraca e à final do NBB em que o Mengao tbm foi campeao! Esse ano ele reclama: "Mae, vimos o Mengao ser Hexa, nao estamos acostumados com o que está acontecendo..." Mas como paixao é paixao e Flamengo é algo que qdo colore a alma nao sai jamais, ele segue firme e forte no lado do bem!

    É ou nao pra ter orgulho?

    ...

    Em tempo: nunca cantei a dança da bundinha como cançao de ninar! Ia achar o máximo a Dani gravar isso e postar aqui tbm! Vai virar toque de celular de muita gente! rsrsrs

    ...

    SRN!!

    @CrisMarassi

    ResponderExcluir
  5. Daninhaaaaaaaaaaaaaaa

    "bota essa criança tricolor para se benzer"???

    Sensacional.................................

    SRN

    ResponderExcluir
  6. Olha não tenho filhos ainda, mas tenho afilhados e tenho seguidoessa cartilha. Aliás, ninar as crinaças com músicas do Flamengo é um ritual muito gratificante. Essa cartilha deve ser espalhada e seguida por todos os rubro-negros. SRN

    ResponderExcluir
  7. A punição, da qual ninguem se referiu, é usar a camisa do Asco.

    Há punição maior que esta para um flamenguista?

    Bj Dani. Saudades.

    ResponderExcluir
  8. Dança da bundinha!! Próximo posto no Primeiro Penta!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk muito bom Dani!!

    ResponderExcluir
  9. Confesso Dani que graças à voce, descuro que sou e serei SEPRE uma mulher de sucesso...o fracasso passa longe de mim, senao vejamos passo á passo:

    1 - Tive por anos (ate ficar poída) um Mini-Manto, q vestia em todas crianças q nasciam e q eu conhecia e fotografava (se mudassem depois eu provaria q se degenerou com o tempo).

    2 - Todos os meus sobrinhos qdo vinham em casa,eram levados para Camara de Convencimento: Meu Quarto. Musicas e + musicas de torcida até chorarem. Voltavam pra casa azucrinando os ouvidos dos pais.

    3 - Chantage Neo-Flamenguista sempre foi algo q pratiquei com a + descarada facilidade.O porteiro aqui do prédio ñ me perdoa,por ter feito de sua filha uma RN puríssima, que finge q vai vomitar qdo o ve com seu pano de chão do buátafogo

    4 - Todos os meus sobrinhos fazim cara de nojo e fingam vomitar qdo viam panos de chão na rua, e só chamavam de COISA NOJENTA

    5 - Isso é fundamental. Entrei numa guerra de poder econômico com o sogro (vascaido) de meu irmão, pela saúde mental de meu sobrinho e afilhado. Ganhamos (eu, meu irmão e meus pais - dura a batalha)

    6 - Lavagem cerebral é o mais forte processo de educação Flamenga.Concordo.Por isso sou tão repetitiva,que canso ate a mim mesma.

    7 - Hino do FLA, comigo se aprende por osmose. Aqui em casa ate calopstia sabe.

    8 - Levo todos os q posso, depois q ficam no jeito é com eles. Inicio no vício e os pais q sustentem!

    9 - Exemplos bons contribuem para a formação psicológica e moral do Ser.Imagina a deformação mental de um peq BUÁtafoguense ao ver aquela cena do chororô. Ou dos outros a verem seus pais serem ridicularizados na rua, pq o time perambula pela 2ªe 3ª.

    10 - Complemento a sugestão (pq já fiz isso com os mais velhos), comprando uma camisa retrô branca, grafada com o sublime nome de nosso Deus RN e o 10 nas costas

    Fim de papo, fui bem criada pra cacete e faço o mesmo com quem passa por perto

    bjs Dani - SS seu post hj!

    ResponderExcluir
  10. A-DO-REI, Dani!!!!
    Meus filhos com o Nin serão Rubro-Negros, com certeza! Terão o mesmo sangue RN dos pais!!!
    "E se não for, apanha!" kkkk

    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  11. ahhah
    eu ensinei o hino do Flamengo a minha sobrinha qnd ela tinha 3 anos e ela cantava todinho!
    qnd pergunto pra ela: o que é o vascu/bosta/flor? ela responde: "é COCO!"
    mas como sou educado e ela é uma moça! qnd ela está na casa dos outros ou com visita, ela respondi dizendo "é bostinha"!!
    :)
    criança linda!!!
    @livinhojcs

    ResponderExcluir
  12. Meus pais não seguiram esses passos comigo,pois sou a unica são flamenguista numa família de vices.
    Aplicarei esses passos daqui pra frente para aumentar ainda mais a nação!

    SRN

    ResponderExcluir
  13. "Tia Dani"
    Homem do saco não é da minha época, sou novinha.
    Beijo usa flanatica linda que morro de saudades.

    ResponderExcluir
  14. Vou ter um filho só pra fazer isso com perfeição. Pode escrever! Mas por enquanto vou testando no meu irmão.


    Sensacional!!!!

    ResponderExcluir
  15. Rialtopracacete!!

    SRN

    @bellhara

    ResponderExcluir
  16. Parabens pelo post !! Dos dez passos ,,ñ precisei Pois Mha Bebê Ja Saiu do Hospital Vestida Com O Manto Sagrado , Hoje com Um Aninho e 3 Meses Ja Conhece tudo que Representa o Flamengo para ela ,,o Hino Ja Conhece Qdo Ouve e Aqui em Casa é Tudo RN até as Cores das Paredes São Vermelho e Preto ,,
    Visitem o Blog http://flanaveia100n.amsblogspot.com ( lado Direito ) Que Verão ela Vestida com o Manto !!!

    Abçs @manofla_69 "" Orgulho de Papai e Mamãe!!!

    ResponderExcluir
  17. MTO bom o post!! hahahahaha
    Já apliquei algumas com os meus afilhados, sempre com sucesso, imagina com um filho?! Ele não tem nem como ser um subtime qlq! Aí sim, apanha! :P

    ResponderExcluir
  18. "Mas se o herói do momento for alguma coisa como Restart ou Justin Bieber, bota essa criança tricolor para se benzer e não suje a foto do Zico! Desista dessa idéia." - Dani é ídola! hahahahaha

    ResponderExcluir
  19. SEM DÚVIDAS O QUE PESA PARA UMA CRIANÇA SER FLAMENGO É ELA TESTEMUNHAR AMOR DE VERDADE PELO TIME QUE SEUS PAIS TORCEM! EU POR EXEMPLO, MEU EX É SÃOPAULINO(BIBA MESMO), E VIVIA TENTANDO FAZÊ-LA SER TORCEDORA DO SÃO PAULO. EU, COMO SEMPRE, UMA RN PACÍFICA(até q fale mal do meu MENGO...), FICAVA NA MINHA, TORCENDO DE CORAÇÃO ABERTO. ATÉ QUE ELA ESTEMUNHOU O ÁPICE DO MEU AMOR PELO MENGÃO... NAQUELA FINAL CONTRA O VASQUINHO, COM O ESPLÊNDIDO GOL DE FALTA DO PET, CLARO QUE ME PREPAREI P GRITAR GOL, E GRITEI, ANTES DA BOLA ENTRAR... ELA FICOU ABISMADA C AQUILO! NA ÉPOCA MORAVA EM UMA CASA DE DOIS ANDARES E QDO A BOLA ENTROU, DESCI AS ESCADAS TÃO RÁPIDO, Q ATÉ HJ NÃO SEI COMO FIZ AQUILO! FOI MUITA EMOÇÃO! E CORRI PRA COMEMORAR C MEU IRMÃO MAIS VELHO, QUE POR UM ACASO ME FEZ TORCER PELO FLAMENGO, MAS ESSA É OUTRA HISTÓRIA, Q UM DIA PRETENDO CONTAR AQUI, JÁ Q NOSSO PAI É BOTAFOGO E MAMÃE É CORINTIANS! NÓS COMEMORAMOS COM MUITAS LÁGRIMAS E SORRISOS, FIZEMOS UMA CARREATA DE PARAR O TRÂNSITO MESMO, CLARO SÓ A NOSSA TORCIDA TEM ESSE PODER NÉ? ELA DISSE:"PAI EU VOU C A MAMÃE NA CARREATA!TÁ?"
    POR ISSO QUE ACREDITO, POR MAIS Q VC FALE, DÊ DE PRESENTE O MANTO ETC... A DEMONSTRAÇÃO DE AMOR VERDADEIRO PELO SEU TIME É QUE FAZ A DIFERENÇA! AINDA MAIS QDO NÃO SE TEM UM MARACANÃ P LEVÁ-LOS AOS JOGOS!
    By, @ThirziaTrindade(Amor incondicional por Jesus Cristo e Flamengo!)

    ResponderExcluir
  20. SIMPLESMENTE GENIAL ESSE POST, DANI! :)))) PARABÉNS!
    Trata-se de assunto muito sério esse de transmissão de valores (rubro-negros) por papais e mamães. Delicioso texto, com o humor inteligente e a paixão rubro-negra de sempre!

    AOS PAIS RUBRO-NEGROS, FELIZ DIA! CUIDEM DE SUAS CRIAS, NAO DEIXEM QUE ELAS SE DESVIEM DO BOM CAMINHO. E O BOM CAMINHO É RUBRO-NEGRO!

    bjs :*

    ResponderExcluir
  21. Eu conheço uma criança que o pai é rubro negro e a mãe é gambá, o pai é claro quer q o filho seja rubro negro e a mãe quer sujar o futuro da criança, mas só que ela não sabe que ele já é rubro negro por que ele já fala Mengo, e quando a mãe diz pra ele chamar Timão ele diz gambá, muito engraçado essa situação! Seu post está maravilhoso parabéns! Que meu filho vai ser é flamenguista não importa se o pai for sofredor, meu filho(a) vai ser é campeão!

    ResponderExcluir

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.