A essência do Flamengo na apresentação do David Luiz




Eu preciso me acostumar com essa coisa do Flamengo contratar jogadores que me empolgam mesmo sem entrar em campo, como é o caso do David Luiz. Craque de bola, o zagueiro vem para somar num elenco que está atropelando seus adversários. O grande desafio é transformar o atropelo em títulos e o David Luiz pode ajudar demais a chegar nesse objetivo.

A vinda do David Luiz passou por um processo e, com certeza, o que impulsionou esse processo foi a iniciativa de um torcedor, conhecido em redes sociais, que apostou na vinda do zagueiro. Enquanto muitos sacaneavam que hashtag não traria um jogador como o David Luiz, um torcedor do interior do Ceará, o Euclides, investiu tempo, disposição e acreditou que o carinho da nação faria o jogador se balançar e vir para cá. A mobilização em cima do que o Euclides, o torcedor, começou e insistiu, é típica da Nação em Redes Sociais. O pessoal abraça a causa do Flamengo e mostra que bom mesmo é o torcedor que quer o melhor pro clube.

Na apresentação do David Luiz, através da pergunta da jornalista Raíssa Simplício, o Brasil inteiro conheceu o esforço desse menino, do interior do Nordeste, que teoricamente está longe do Flamengo. Para quem lida com rede social, o reconhecimento ao esforço dele está em mensagens de apoio, agradecimento e incentivo. Nada mais do que o merecido para um torcedor que demonstra a essência do Flamengo.

Ao David Luiz, boa sorte. Seja feliz com o Manto.

Ao Euclides, o torcedor que demonstrou a essência do Flamengo, que é do torcedor que acredita no melhor para o clube, minha reverência. Palmas. É torcedor como ele que faz o Flamengo inegualável.

Saudações!

Estratégia é tudo!



Como você amanhece o dia após uma goleada histórica aplicada pelo Flamengo? É um dia mais feliz? Comenta os lances do jogo? Sacaneia o amigo adversário?

Mais uma vez, o Flamengo aplicou uma goleada histórica numa quarta-feira. Mais uma vez o adversário foi o Grêmio. E teve ingredientes: com um jogador a menos e com o segundo tempo primoroso.

O Flamengo jogou um tempo com um a menos, graças a expulsão irresponsável do Isla e nesse um tempo, aplicou uma goleada de 4x0 em cima do Grêmio, graças a uma estratégia que deu certo. Estratégia no futebol é tudo.

No intervalo, que já tinha perdido Bruno Henrique machucado, Renato tirou Arrascaeta e Diego. A estratégia de tirar o Diego, com cartão amarelo, colocar o Thiago Maia, que dominou o meio de campo, manter o ER7 solto e Michael puxando contra-ataque foi fundamental para a construção da goleada histórica. Quando o Flamengo joga com estratégia, tudo fica mais fácil.

Foi a melhor atuação do Michael com o Manto, Vitinho entrou e fez mais um gol consolidando a boa temporada que vem fazendo. Até Bruno Viana, tão criticado, deixou o seu. o gol que abriu a porteira do Grêmio.

Foi um jogo com primeiro tempo horroroso e segundo tempo primoroso. Coisas de quem joga co estratégia, buscando executar o que vai derrotar o adversário. Time competitivo, gostamos!

O jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil contra o Gremio é dia 15 de setembro, contra o Grêmio, no Maracanã. Estamos com um passo na semifinal porém muita calma nessa hora!

Pra cima deles

Flamengo arrecada bolada e continua impactando vidas na Pandemia



Ao longo da Pandemia, o Flamengo se mexeu para ajudar quem precisava, seja liberando a marca para uso de quem quisesse gerar dinheiro com isso ou com doações à populações menos favorecidas.

Ontem, saiu a notícia que o clube arrecadou R$ 370 mil com leilões de mais de 100 ítens dos jogadores. Isso faz parte do projeto "Play For a Cause" que é um site que coloca a venda ítens de jogadores e reverte o dinheiro para projetos sociais. 

Em 2020, o Flamengo já tinha sido premiado por ter sido o clube brasileiro de maior engajamento social em 2020. Até ali,  63 itens esportivos para leilão da Play For a Cause, que renderam R$ 176.490,00 para ações sociais. Os 63 itens doados pelo Flamengo renderam à Play For a Cause R$ 176.490,00. O dinheiro arrecadado foi utilizado para impactar a vida de 2.200 famílias. Foram comprados 27.500 kg de alimentos.

Mais uma bela ação do Flamengo neste momento difícil e que vai impactar a vida de muito mais famílias. Afinal de contas, R$ 370 mil é bastante dinheiro.

Seguimos!

O que espero do Kenedy no Flamengo!


Para quem andava querendo jogador para fazer os titulares saírem da zona de conforto que estão, o Kenedy pode ser um bom nome. Não acredito que vá disputar posição com o Everton Ribeiro, por enquanto, mas o Vitinho deixará de ser a primeira opção de entrada para mudança de jogo. A esperança é a potencialização dessa mudança de jogo, quando necessária!

Ele vinha jogando na meia direita, mas não estranharia se o visse pela esquerda, dando calor no Bruno Henrique já que o Michael nem chega perto. Bruno Henrique vai ter que correr mais em campo e não é só para estar na Copa do Mundo do ano que vem.

Falando da transferência em si, segundo o Vene Casagrande, o Flamengo vai assumir o salário do atleta de forma integral durante o vínculo de 12 meses. A opção de compra é de 10 milhões de euros.

Kenedy chegou ao Chelsea na temporada 2015/2016, quando foi contratado junto ao Fluminense por 10 milhões de dólares, cerca de R$ 31 milhões na ocasião. Mas desde que chegou aos Blues, o atacante não se firmou e rodou por alguns clubes por empréstimo: Watford, Newscastle, Getafe e, por último, Granada, time espanhol que defendeu na última temporada.

Por favor, Kenedy, não seja um Geuvânio. Estou botando fé em você!

Saudações!

Mercado Livre aposta em fórmula que sempre deu certo!




Eu não consigo lembrar qual foi o comercial que o patrocinador fez para o Flamengo que envolveu o Zico e não deu certo. Aliás, quem quiser fazer sucesso com uma propaganda, coloque o Zico com o vermelho e preto que errado não vai dar. Descarte os modinhas falando o nome do time errado, torcedor influenciador forçando a emoção ou jogador improvável  marcando gol de título mundial ou até mesmo. 

O comercial do Mercado Livre dos dias dos pais com o Zico é de um carinho que encanta. O patrocinador, através da inteligência artificial, recriou a voz do pai do Zico e o fez com que ele "presenciasse" o gol do filho, que ele não viu no Maracanã. Clique aqui para assisitir.

Na campanha, o falecido pai, José Antunes Coimbra, o Seu Antunes, pede para ver um gol do filho no Maracanã. "Zico, meu filho, sei que faz tempo que você não ouve minha voz. Eu amava ver você jogar desde menino. A única coisa que faltou foi ver um gol seu aqui, no Maracanã. Então hoje eu queria te pedir uma coisa: um gol. Só mais um. Dessa vez, para eu ver de pertinho", diz.

A ação foi batizada de "Gol 335", uma referência ao número de gols marcados pelo ex-atleta no estádio carioca. Ao ser lançada, foi dificil ver um rubro-negro que não tenha se emocionado na minha timeline do Twitter. O vídeo foi um carinho mesmo para a Nação. Foi lindo demais!

Bola dentro do patrocinador que parece ter acertado o tom da comunicação com a Nação.

Vini, Vidi, Vici!



Nem quis ver. Sei que rolou despedida na Fla TV pro Gerson o 8 do Flamengo de 19. Mais um que vai embora para minha tristeza e para me deixar ainda mais saudosa dos momentos maravilhosos de um Flamengo que não teremos mais. 

O cara que chegou aqui com muita vontade de fazer a diferença, que comemorou a contratação nas ruas de Roma e que jogou demais com a lendária 8 do Flamengo. Ele vai fazer falta. 

Infelizmente, o Flamengo ainda não é um clube para craques de bola no auge da carreira, financeiramente falando. Com o real desvalorizado, a historia de clube fornecedor fala mais alto e a gente precisa entender isso. Gerson está nesse patamar. 

Ainda assim, o Gerson faz parte de um grupo seleto de jogadores que completaram um ciclo de conquistas no Flamengo e que vai ser lembrado por muito tempo como referência de talento e dedicação ao Manto. Ele veio e conquistou. 

Você pode lembrar do Gerson como o Coringa, vai fazer o Vapo pra homenageá-lo, mas a frase do título desse post o descreve a linda passagrm que ele teve por aqui.

Vini, Vidi, Vici! 

Boa sorte, Gerson. Seja feliz e, quando voltar, volte pra casa.