13 de fevereiro de 2022

O Flamengo de 22


>





Foi histórico, com eles nos dando o mundo de novo. Repetindo o Flamengo de 14, o orgulho da Nação foi lá no Cairo, no Egito, venceu o atual campeão e se tornou bicampeão mundial. Foi uma vitória incontestável, com jma boa vantagem o jogo todo. 

Basquete é um esporte que me traz muita emoção. Eu fico nervosa com os pontos, troco o canal nos momentos decisivos e acredito até o final, o que aumenta o sofrimento. 

Particularmente na final, como estava na Live do canal Urubolados, pedia pro pessoal comentar o chat. Estávamos no final quando o título veio e pude ver toda a comemoração desse título importantíssimo para consolidação de projeto vencedor.  

Um projeto profissional, apoiado pelos últimos presidentes do Flamengo e que mesmo com VPs amadores, consegue, através de um executivo competente, trazer vitórias  empilhando titulos nos últimos anos. O Marcelo Vido é muito bom no que faz.

Outro que é muito bom no que faz e merece uma estátua na Gavea é o Olivinha. Como jogou basquete nessa final. Competente, bicampeão e com total identificação com o clube, é o símbolo do basquete do Flamengo. A gente tem uma sorte danado de ver esse cara com o Manto. 

Parabens ao técnico, sua comissão e jogadores. Vocês fizeram o que o seu povo pediu. O mundo é nosso de novo. Obrigada. 

O Flamengo de 22 fez história, assim como Flamengo de 14.  Que sorte a minha ter presenciado isso. 

Mengooooooooo!!!

Espero que você tenha gostado desse texto! Segue no Instagram!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Postagens mais visitadas

Todos os posts deste blog