O que menos importa!




Espero que depois do último fim de semana, no qual o jogo do Flamengo contra o Palmeiras ficou cancelado até 17 minutos antes do horário de seu início, tenha acabado, de vez, a dúvida sobre o que realmente importa e o que não importa em época de pandemia e futebol.

Espero que tenha ficado claro que não há santo nessa questão. Especificamente nesse caso, com cada um puxando a corda para o seu lado, tantas máscaras caíram que ficou até feio.

Independente da sua opinião sobre o caso, ficou comprovado que o que menos importa é a saúde. Saúde de jogadores e trabalhadores que lidam com o futebol ou, especificamente, com o jogo em questão.

O Palmeiras não se preocupou com a saúde dos seus jogadores e dos jogadores do Flamengo quando se posicionou contrário ao cancelamento da partida. Mesmo com o técnico dele dizendo, um mês antes, que se um time tivesse 10,12 jogadores, seria justo o cancelamento do jogo. Preciso dizer quantos doentes o Flamengo tinha?  O Palmeiras tentou ganhar a vantagem de enfrentar um Flamengo enfraquecido, cheio de sub-20, inclusive seu goleiro. O goleiro foi o melhor em campo, o sub-20 mostrou porque é campeão brasileiro e só não saímos com a vitória por detalhes.

A dupla CBF/Globo, que precisa dar andamento ao campeonato também não está preocupada com a saúde nem de jogadores nem de funcionários. Sem opção de outro jogo para exibir no horário nobre do futebol, domingo às 16h, os seus funcionários foram ao ataque ao Flamengo e seus dirigentes em redes sociais, com opiniões dignas de print eterno, pra se jogar na cara em várias situações futuras, tenho certeza.

O Flamengo enfraquecido fora de campo saiu fortalecido de campo, com uma atuação digna de aplausos. A postura e a atitude que tivemos foi para orgulhar o torcedor, que não pode deixar o Flamengo, clube e instituição, sozinho na trincheira. Mesmo que haja deslizes fora de campo é preciso entender que o Flamengo é mais forte quando a torcida está ao seu lado. Esquece dirigente, é o Flamengo.

Ainda passaremos alguns dias sem os jogadores, que continuam infectados com o COVID 19. Vamos ver como o time reagirá e como será o nosso desempenho nos campeonatos que disputamos.

Porém, desde já, qualquer que seja o problema, tenha em mente que tem UMA COISA QUE NÃO IMPORTA TANTO pra essa gente que lida com o futebol brasileiro: a saúde.

Saudações!

Poste um Comentário




Previous
Next Post »
0 Comentários

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!