O fim da Era Jesus no Flamengo









Mesmo com toda a especulação dos últimos dias, fiquei surpresa com a saída do Jorge Jesus do Flamengo. Não que eu achasse que essa relação seria pra sempre. Mas acreditei que a renovação de contrato feita há pouco tempo, a situação do Benfica além do pacto feito com jogadores para a conquista do Mundial iriam pesar na decisão de ficar.

Foi uma linda história do amor. A minha gratidão pelo trabalho do Jorge Jesus é imensa. O Flamengo campeoníssimo só aconteceu em 2019 porque era o Jesus que estava no comando. Porque o Jesus é mesmo sensacional. Tão sensacional que a torcida incorporou o coro do Olê, olê, olê, Mister, Mister como se fosse o Flamengo sendo cantado. E, de certa forma, era o Flamengo, o Flamengo de Jesus que foi perpetuado, ali naquelas tardes/noites invictas de 2019. Como não ser grata por aqueles momentos? 

A torcida abraçou o Mister. Compramos a briga por ele ser técnico estrangeiro, defendemos contra a imprensa e antis, gritamos o nome dele em alto e bom som em estádios e lugares pelo mundo, comemoramos a sua renovação de contrato e torcemos até o fim para que a saída não se concretizasse. A gente sabe que o Jesus, dificilmente, será tão amado quanto foi aqui. Amado e idolatrado. 

O Flamengo fez a sua parte. Deu tudo o que o Jesus pediu. Deu estrutura, trouxe jogadorées de alta qualidade, pagou prêmios e salários altíssimos, adaptou métodos, institucionalizou protocolos com condições de trabalho únicas no país. O Flamengo sai maior da Era Jesus e com a certeza de que podemos ser do tamanho que a gente sempre sonhou.

Foi um grande relacionamento, que em 13 meses deu 6 títulos ao clube. Ele tem mais título que derrotas. 

Dizem que toda a história de amor tem um fim. Tem gente que sabe sair dela, tem gente que não. Quem não sabe, deixa um asterisco infeliz, um "porém" que nem todo mundo entende, aceita. 

Saibamos respeitar os sentimentos de quem releva um asterisco final e de quem não releva. 
O Flamengo é maior do que qualquer CPF. Vida que segue! 


Comente:



2 comentários:

  1. Sempre digo, sempre temos um Amor perdido. Hoje, mais do que numca, isso ficou provado. JJ um Amor perdido, não podemos ter tudo para sempre!

    ResponderExcluir

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.