Foi uma noite histórica!










Para quem acompanha o dia a dia do Flamengo e se interessa por fazer o Flamengo maior, já sabia que, no dia que o clube saísse das amarras da Rede Globo para transmitir os seus jogos, iria ter um retorno importante que ditaria novos rumos para o clube e pro futebol brasileiro.

Sou daquelas que está longe de dispensar a Rede Globo e seus milhões, levando o Flamengo para todo o país. Sei bem que no ano de 2019 eles usaram como puderam o artifício do Premiere e transmitiu pouco para TV aberta, mas eu acho um veículo importante. Mas a gente precisa ter a opção fora da caixa, no caso, da Globo. E a FLATV é o caminho.



Ao fazer a sua primeira transmissão solo de um jogo ao vivo, a FLA TV, braço do clube no Youtube, mostrou com uma boa qualidade técnica que há um IMENSO caminho com inúmeras oportunidades que podem fortalecer, ainda mais, o Flamengo e aproximá-lo de seus torcedores.

Graças a uma MP que permite os mandantes dos jogos transmitirem seus jogos e como o Flamengo não tinha contrato com a Globo para transmissão dos seus jogos pelo campeonato carioca, a FLA TV pôde fazer a transmissão de Flamengo x Boavista, no Maracanã. Pensa num coração aquecido em ver o nosso Flamengo em campo: era o meu!



O Flamengo venceu o Boavista por 2x0, gols de Pedro e Gerson (que merece placa por aquele golaço!). Sei bem que o placar poderia ser maior se o time chutasse mais a gol e não ficasse de toques para o lado. Porém, o resultado foi importante porque mantivemos a liderança de pontos no campeonato e se ganharmos a Taça Rio, que tem a semifinal no fim de semana e a final no meio da semana que vem, o Flamengo é campeão carioca de 2020.

Se dentro de campo a obrigação foi cumprida, fora de campo, a transmissão da FLA TV não deixou nada a desejar. Com o pré-jogo cheio de informações, com o bom Raul Plassmann e Rondinelli numa resenha bem legal, uma narração caseira do jeito que eu gosto e câmeras com ângulos diferentes, eu me diverti a beça com a noite histórica.

A noite foi histórica porque, além de trazer recordes, teve uma importância que  a porta que foi aberta não beneficiará apenas o Flamengo. Tenho certeza que a noite serviu para o Flamengo mudar o paradigma (DE NOVO!!!!) das transmissões esportivas. Com o pico de 2,2 milhões de pessoas assistindo e doações que chegaram a R$ 800 mil (isso carece de maiores informações porque li em rede social), o desafio agora do Flamengo (e de outros clubes) é fazer esse tipo de negócio funcionar para faturar mais do que os R$ 120 milhões que a Globo paga pelo pay-per-view do Brasileiro, por exemplo.

Sei bem que para chegar nesse nível vai demorar. Além de termos contrato até 2024, teremos que ter projeto muito sólido para trazer mais dinheiro do que a Globo paga. Será que conseguirão montar uma estrutura  e parceiros para viabilizar isso sem dar prejuízo ao clube?

Por ora, a porta foi aberta com recordes, boas impressões, torcedores orgulhosos e, principalmente, uma opção para uma caminhada que antes não tínhamos. Isso é importantíssimo.

Vamos crescer, FLATV! É você que, espero um futuro bem próximo, levará conteúdo rubro-negro para todos os cantos do mundo. Rumo aos 5 milhões de assinantes!

Saudações!



Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.