Com Confiança e Cirino, o Mengão faz a festa!



http://ejesa.statig.com.br/bancodeimagens/6m/w9/e0/6mw9e0f8j8nr6m6bub3mldib9.jpg

Os trocadilhos para a desclassificação do Flamengo poderiam até estar prontos. Afinal de contas, confiança é uma palavra que pode ser muito usada do esporte e, claro, no futebol. Porém, sem dar chance para desconfiança, o quarteto Arão, Mancuello, Cuellar e Cirino jogaram demais e o Flamengo se classificou para a próxima fase da Copa do Brasil. De quebra, colocaram a confiança da torcida lá em cima para a semifinal do Carioca eo Mengão fez a festa!

Apesar do time ter começado o jogo de forma lenta, já dava para perceber que para os gols do Flamengo acontecerem, seria uma questão de tempo. E foi no primeiro tempo mesmo que o placar começou a ser construído, com um gol do Mancuello. Preciso dizer que achei o máximo o argentino, ao fazer o gol, em vez de comemorar, foi buscar a bola no gol porque o placar era suficiente para os penaltis, não para a classificação.

Achei o máximo também a forma como o time começou o segundo tempo. Bem postado, buscando o gol, fomos premiados com uma linda linha de passe de cabeça que terminou com o gol do Cirino. O terceiro gol também foi do Cirino, driblando o goleiro, que vinha se destacando no jogo. O Cirino também vem se destacando. Nos últimos 5 jogos, foram 5 gols. Ele é o nosso artilheiro no Carioca. Um viva para o Marcelo Cirino.

O jogo terminou 3x0 e com lnaces de perigo para o goleiro deles. Paulo Victor não tocou na bola. Olha aí os melhores momentos:



O nosso próximo desafio é contra o Vasco, pelas semifinais da Copa do Brasil, em Manaus. Com o Cirino desse jeito e com a sede que os jogadores devem estar para jgar contra o Vasco, confiança é uma palavra que eu usaria junto de Flamengo. Hoje e amanhã!

A classificação veio. Agora é focar no Vaskin!

Time viajante com dinheiro no bolso

Time viajante com dinheiro no bolso
Arena da Amazônia Nacional e Genus amistoso (Foto: Gabriel Mansur)

Tem sido uma constante no Flamengo deste inicio de ano. Sem o Maracanã para mandar os seus jogos, o time tem viajado bastante para jogar tanto pelo Carioca, quanto para outros campeonatos. Além do desgaste já tanto discutido, o fator dinheiro também pesa nesta situação.

A nova viagem do Flamengo será para jogar a semifinal do Carioca, que será contra o Vasco, em Manaus. Com uma grande procura de ingresso dos dois lados, o jogo tem tudo para ser uma grande festa, com casa cheia.

Veja os preços dos ingressos:
Anel superior - meia entrada (estudante, 1kg de alimento ou doação de sangue) = R$ 75
Anel inferior - meia entrada (estudante, 1kg de alimento ou doação de sangue) = R$ 95
Anel inferior VIP - meia entrada (estudante, 1kg de alimento ou doação de sangue) =R$ 180
Camarotes avulso com open bar e buffet - Preço único / Avulso = R$ 200
Camarote fechado com 20 lugares - R$ 5.000 (contato: 62 30935111)

Os ingressos para o "clássico dos milhões" têm valor a partir de R$ 75 e estarão a venda na Arena Amadeu Teixeira e nas lojas Granada Beach do Amazonas Shopping, Manauara Shopping e Shopping Sumaúma.

O jogo foi vendido R$ 500 mil de cota fixa para cada clube. A empresa organizadora da partida também vai bancar os voos fretados de cada delegação. Uma boa grana se pensarmos nas rendas de um Carioca esvaziado e defasado.

Vai pra cima deles, Mengoooooo!

Flamengo vence Rio Claro na estreia das quartas de final do NBB

Flamengo vence Rio Claro na estreia das quartas de final do NBB
Marquinhos Flamengo NBB (Foto: Luiz Pires / LNB)

O Flamengo voltou a quadra no NBB. Como se classificou para a fase final com antecedência, o time não precisou entrar em quadra por dias. Porém, conseguiu manter um ótimo ritmo e venceu o Rio Claro por 88 a 79 (43 a 32) no primeiro jogo das quartas de final do NBB. Se vencer os próximos dois jogos no ginásio do Tijuca Tênis Clube, quinta-feira, às 18h, e sábado, às 14h10, os atuais tricampeões garantem vaga nas semifinais.

O destaque do jogo foi Marquinhos, cestinha do Flamengo com 20 pontos, seis rebotes, três assistências e três roubadas de bola. Rafa Luz, com 16 pontos, três rebotes e três assistências, e Jerome Meyinsse, com outros 13 pontos, também se destacaram. Marcelinho fez 10, Olivinha, oito, e Rafael Mineiro, sete.

O Flamengo jogou muito bem e nem pareceu que ficou tanto tempo sem jogo oficial.  Vamos rumo a classificação!

Demorou mas chegou!

Demorou mas chegou!
https://pbs.twimg.com/media/CgdD6s0XEAEzKcC.jpg

Eu pensei que esse segundo jogo da Copa do Brasil não chegaria nunca. Demorou, né? Depois de perder a primeira partida na casa deles por 1x0 e se classificar em quarto lugar para as semifinais do Carioca, o Flamengo precisa, mais uma vez, vencer o jogo de qualquer maneira para seguir na Copa do Brasil. O jogo contra o Confiança, em Volta Redonda, é o mais importante do ano, até agora.

Como o jogo é pela Copa do Brasil, é importante o Flamengo não tomar gol e fazê-los.

A gente não pode negar que o desempenho do time do Flamengo melhorou depois da volta do Mancuello e a manutenção do Alan Patrick no time. Junto com o Marcelo Cirino, parece que encontraram uma forma de jogar mais eficiente. Pelo menos, por enquanto.

Embora acredite que o time vá fazer uma boa partida, não podemos esquecer com foi o jogo de ida, com uma derrota e o adversário com um a menos em campo. É preciso seriedade e foco para não repetir a vergonha que foi esse primeiro jogo.

O time que provavelmente entrará em campo é: Paulo Victor, Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Cuéllar, Willian Arão, Mancuello e Alan Patrick (Ederson); Marcelo Cirino e Guerrero.

Vai pra cima deles, Mengooooo!



Acabaram os 'jejuns'!

Acabaram os 'jejuns'!
http://uirauna.net/wp-content/uploads/2016/04/57096025b9d2c1.jpeg


Foi uma boa atuação. Jogando no 4-4-2 e com a volta de Mancuello, o Flamengo se impôs contra o Boa vista e venceu por 3x0, numa tarde feliz para o torcedor rubro-negro.

O inicio do jogo não foi fácil. O Flamengo parecia aquele time lento, sem ação, que a gente se acostumou a ver. Porém, bastou o argentino acertar um golaço de falta, o primeiro com o Manto Sagrado, para que as coisas mudassem. Com toque de bola e mandando no jogo, no fim do primeiro tempo já estava 2x0.

Por causa da incompetência do canal premiere, ninguém viu, ao vivo, pela televisão, o terceiro gol do Flamengo, o gol de oportunismo do Guerrero. Ele acreditou na falha do goleiro e marcou o terceiro gol do time, que deu números finais da vitória.

A saída do Sheik do time e a entrada do Mancuello, transformando o esquema de jogo, deu outra cara ao Flamengo. Um troca de passe melhor e uma marcação mais cerrada, principalmente com o Cuellar em campo, que é um jogador que não desiste da bola, fez com que a performance do time melhorasse.

Com a vitória, o Flamengo deu uma subida na tabela da segunda fase do carioca. Vamos para a última rodada precisando vencer para ir para as semifinais do Carioca. Acabou o jejum de vitória, o jejum de gols do Guerrero e até do Mancuello.

Vai pra cima deles Mengoooooo!

Com renovação, Globo não exibirá jogos do Flamengo no Brasileiro pela Internet

Com renovação, Globo não exibirá jogos do Flamengo no Brasileiro pela Internet
 


Nesta, semana, houve votação importante no Conselho Deliberativo do Flamengo sobre as cotas da Rede Globo para o Brasileiro nos próximos anos. Pelo novo contrato, a Globo terá o direito de transmissão do Flamengo para televisão aberta e fechada entre 2019 e 2024, mas isso não incluirá a exibição de jogos pela internet. A propriedade é mantida atualmente pela emissora, mas o clube resolveu excluir essa possibilidade do novo contrato, ficando livre para fechar com outra empresa.

O contrato entre Globo e Flamengo já estava apalavrado, mas só pôde ser fechado nesta semana, após a aprovação do Conselho Deliberativo do clube. Segundo Luz, o contrato envolve o pagamento de R$ 120 milhões em luvas, que serão parceladas nos próximos anos.

Com o Flamengo, a Globo ganhou força na disputa contra a Esporte Interativo. Agora, a emissora tem garantido os clubes com as três maiores torcidas do país; Corinthians e São Paulo também fecharam com a empresa.

Com ajuda da Maquina do Esporte.

A falta de planejamento escarancada

A falta de planejamento escarancada

Não é novidade o aperto que o Flamengo está passando para ter um estádio para mandar os seus jogos nos campeonatos que disputa. Se por um lado dá a oportunidade para rubro-negros de todo o Brasil ver o time de perto, por outro faz o time andar de um lado para o outro e, praticamente, não ter tempo para treinamento. Porém, não dá para deixar de falar na falta de planejamento.

Já era sabido que o Flamengo não teria nem Maracanã nem Engenhão em 2016 por causa das Olimpíadas. Para quem acompanhou o Lulucast no ano passado, ouviu a Cissa Morena, uma das integrantes falar, mais de uma vez, sobre esse problema. Não é possível uma torcedora falar sobre isso com meses de antecedência e a diretoria do Flamengo não se atentar para isso.

Depois que  vi que o gramado de Brasília precisa de cuidados para melhora-lo e que o Flamengo pensa em reformar um estádio para mandar os seus jogos em pleno Abril/16 fica escancarado a falta de planejamento em relação a esse assunto.

Pois bem, o estádio Giulite Coutinho, no bairro Edson Passos,  voltou para a pauta do Flamengo para ser a sua casa no Brasileiro, desta vez com uma parceria com o Fluminense. Embora o Flamengo não tenha se pronunciado de forma oficial sobre essa possível reforma, sabe-se que Volta Redonda será a sede de seus jogos de menor apelo no Brasileiro. Embora o estádio fique a 130km do Rio, o gramado do Raulino de Oliveira é avaliado como excelente.

Vamos ver como será essa decisão do Flamengo pelo lugar onde ele jogará o ano sem o Maracanã. 

Reino Unido e EUA irão treinar Flamengo durante a Olimpíada do Rio

Reino Unido e EUA irão treinar Flamengo durante a Olimpíada do Rio
Gávea vai ser sede da Grã-Bretanha (Foto:Divulgação/Flamengo)

A Olimpiada do Rio de Janeiro será uma oportunidade única para muita gente. Para o Flamengo também. Na tarde desta segunda, o clube anunciou que a Associação Olímpica Britânica (BOA, na sigla em inglês), o comitê olímpico da Grã-Bretanha, para que "importante parte" da delegação daquele país fique na Gávea durante os Jogos. Acordo semelhante, ainda que mais amplo, já existia com os Estados Unidos.

De acordo com o Flamengo, os britânicos usarão a nova piscina - que está em fase final de obras - para o treinamento de algumas modalidades, além da academia de musculação da Gávea e das salas para repouso dos atletas. Em troca, a BOA vai pagar a instalação de equipamentos de alto nível no centro de alto rendimento do Flamengo.

Pelo que explicou o Flamengo, a parceria é diferente da firmada pela BOA com o Minas Tênis Clube. Os britânicos vão utilizar as instalações do clube de Belo Horizonte no período de aclimatação ao Brasil, antes dos Jogos.

Abandona o 4-3-3, Muricy!



O Flamengo empatou com o Botafogo, no clássico em Juiz de Fora e complicou a sua posição para a classificação para a próxima fase. Embora precise "apenas" vencer os jogos que restam para se classificar, é bizarro o Flamengo estar passando por essa situação com o elenco caro que tem. Retrato de um time que o técnico insiste num esquema que não tem rendido em campo.

O Flamengo do primeiro tempo foi diferente do Flamengo do segundo tempo. Eu gostei da atuação do time no primeiro tempo, principalmente pelas jogadas alternadas. Tivemos jogadas pela lateral, bola enfiada na área, troca de passe que resultou em faltas na entrada da área, além de ter a opção sempre o passe, com o Alan Patrick e o ímpeto do Ederson, partindo com a bola dominada. Embora não signifique que essa variedade de jogadas tenha feito o time ter uma atuação de se elogiar e conseguir a vitória, prefiro essa possibilidade de variedade do que o que tínhamos antes.

E foi exatamente o que tínhamos antes que foi o segundo tempo do Flamengo. Um Emerson atrapalhado, um Willian Arão que não conseguiu desenvolver, de novo, uma boa rotatividade de jogo e o Guerrero isolado foi o retrato de um Flamengo armado no 4-3-3 que irrita. Irrita tanto que não dá para acreditar que o Cirino, Guerrero e Emerson vão dar certo num campeonato como o Brasileiro.

Ontem ainda tivemos as falhas individuais do Paulo Victor e do Wallace, que comprometeram não só a atuação, como o placar do jogo, Perdi a conta de quantas vezes isso aconteceu esse ano.

Veja as notas das atuações:


O Flamengo volta a campo pelo Carioca, no próximo sábado. É vencer, vencer, vencer. Espero que o Muricy abandone o 4-3-3.

Até quando aturaremos Paulo Victor e Wallace?

Até quando aturaremos Paulo Victor e Wallace?
http://images.performgroup.com/di/library/Goal_Brasil/1e/dc/paulo-victor-wallace-guerrero-muricy-flamengo-treino-13012016_1qfe06d8tpbwh10goilsj78q4q.jpg?t=1003932746&w=620&h=430


Parece que a deadline do Wallace e Paulo Victor no time titular do Flamengo está chegando. Entende-se como deadline o fim da linha. Prazo final. No caso, pra os dois irem para a reserva.

Tentei fazer um exercício e relembrar quantos jogos o placar foi alterado por falhas de um desses dois jogadores. Não consegui me lembrar de todos. Porém, depois de um clássico em que um falha claramente e o outro faz um pênalti imbecil, além de, mais uma vez, levantar o braço pedindo impedimento, não dá para ignorar.

Saudades da época em que falha em clássico repercutia de uma forma que o jogador não ficava de mimimi e nem se escondia da responsabilidade. Ainda mais sendo capitão do time.

É verdade que eu estou de saco cheio dos dois. Paulo Victor continua como titular mesmo um goleiro que foi comprado por milhões não tenha sido experimentado. E o Wallace continua com a braçadeira de capitão, mesmo já tendo provado que não a merece. E olha que nem estou falando, ainda, da posição de titular absoluto. Não lembro de outro zagueiro que tenha sido tanto tempo titular e que levanta o braço pedindo impedimento todo o gol que o Flamengo leva.

Não consigo engolir a falha num clássico, ainda mais se elas são repetidas e vem de outras partidas. Mas para essa turma que acha que ser eliminado de campeonato é bom porque tem menos jogos, não é de estranhar essa pasmaceira de mudar quem não está desempenho sua função de forma adequada.