Feliz Natal, rubro negros!








http://4.bp.blogspot.com/_4ZtX0qiak6g/S602ag-aA2I/AAAAAAAAAl4/J7r4jJ08Ogs/s1600/zico.jpg

No mundo em que vivemos, tornou-se comum amar uma pessoa sem ter o prazer de tocá-la. Sem a emoção de abraçá-la. Redes sociais facilitam esse tipo de amor que muitos sentem e muitos não entendem. Pessoas que estão nessas redes sociais acabam fazendo parte da sua rotina como se fosse uma pessoa próxima, que você vê quando chega ao trabalho ou a faculdade. É uma realidade. Você passa a amá-las justamente pelo significado que elas passam a ter na sua vida, seja pela ajuda em um momento difícil ou por momentos de alegria e diversão compartilhados. 

A relação com uma pessoa que faz alguma coisa que você gosta muito, que é o máximo, que te dá alegrias indescrítiveis passa pelo mesmo processo. Você nunca abraçou uma pessoa que te alegra todos os domingos (ou quarta), mas ainda sim passa a amá-la e a respeitá-la. E se bobear, jura que viverá feliz pra sempre. Igualzinho a casamento. Quando é ídolo mesmo, duvido você não dizer que ama pra sempre. 

Eu sou rubro negra. Na alma. De coração.  Tenho mesmo uma história de amor, linda, espetacular com o Flamengo. Amor genuíno. Que me dá um orgulho inexplicável. Indescrítivel. Daquele que me faz estar do lado dele em momento difícil. Que me faz chorar de alegria e de tristeza. E quando penso nesse meu amor, nessa minha verdadeira adoração pelo Flamengo, não posso, nunca, deixar de exaltar o facilitador de todo esse processo. Se a gente ama um amigo por causa das coisas que ele nos proporciona ou nos ajuda, como eu não vou exaltar o cara que proporcionou lembranças tão espetaculares que eu não consigo escrever um texto sobre ele e não me derramar mesmo em lágrimas.

Eu tive o prazer de abraçar o Zico, meu ídolo SUPREMO.  Quantas pessoas no mundo tem essa satisfação? Como é bom abraçar, tocar quem você ama. Como é bom.  E se você não puder abraçar, que bom é ter lembranças para aquecer o coração. 

E quando você tiver a impressão de que agradecer a uma pessoa dessa é pouco, use sempre o exemplo dele para homenageá-lo.

Aprendi com o Zico que o Flamengo é maior do que Patricias, Zé, Léos.  Tem história de amor mais bonita?!

Parabéns Zico. Para uma pessoa que despertou todo o amor de uma Nação, toda felicidade é realmente pouco. 

E a Nação, Feliz Natal! Vamos celebrar o nascimento do Messias!


Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.