O abandono do barco








Eu lembro, perfeitamente, quando um reporter perguntou ao Zico em sua despedida dos gramados no Maracanã se faltava fazer algum tipo e gol. O Zico respondeu que sim, mas educamente não respondeu que gol foi esse.

E depois de anos, eis que me vem a resposta, da pior forma possível. Hoje o Flamengo perdeu com um gol do Zico.

Eu não precisaria ler a carta da Dele para saber os motivos. Eu não precisaria sequer entender. Eu não ouso sequer a crticá-Lo e nem a elogia-Lo.

Mas, imagine-se em um barco no meio do mar. Olhe para o oceano. Você pula ou não pula? Pois é. Ninguém abandona um barco por vontade própria exceto se a situação de dentro do barco for pior da situação de fora do barco.

Quando eu perguntei, no Twitter, dias atrás, quem era mais importante, Zico ou o Flamengo, eu não tinha a minha resposta. Li as 67 pessoas que me responderam, mas ainda sim não consegui distinguir Zico e Flamengo. Porque o Flamengo que eu amo, o Flamengo que eu defendo, o Flamengo que eu admiro, o Flamengo pelo qual me ORGULHO passa pelo Zico.

Depois do abandono do barco, eu tenho a minha certeza. O Flamengo de hoje, que é politicagem pura e interesses escusos, não merece o Zico.

Então eu não peço pro Zico ficar. Seria muito egoismo da minha parte.

Comente:



2 comentários:

  1. Disse tudo Dani
    se vemos alguem que amamos numa situação difícil,vamos pedir que ela se arrisque até não poder mais,ou que consigam destruí-la?
    Jamais,amamos o Zico e pelo bem dele é melhor que ele não fique perto de quem o quer ver pelas costas...
    Infelizmente,essa é a realidade,o Flamengo (na figura das pessoas que lá estão) hoje faz mal ao Zico,e como o amamos,não podemos deixar ele nessa situação

    ResponderExcluir
  2. Perfeito! Disse tudo!
    Só tenho a agradecer ao Zico por ter aturado esses imbecis por 4 meses!

    ResponderExcluir

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.