Vai amanhã?


Uma das coisas que mais gosto em redes sociais é a resposta quase imediata a notícias que antes ficariam dias como verdade, quando não passam de especulação.

Estar no controle da narrativa é essencial não só de forma institucional como no gerenciamento de carreiras. Nos últimos dias, vimos dois funcionários do Flamengo dando aula em relação a isso, enquanto o próprio clube anda a passo de tartaruga nesse aspecto.

A primeiro aula foi dada pelo médico do Flamengo quando a imprensa, de Portugal e do Brasil, anunciou que Jorge Jesus gostaria de levá-lo para Portugal. A indefinição que surgiu não demorou nem 2 horas. O próprio médico desmentiu no seu perfil em rede social, garantindo que ficaria no Flamengo, evitando exposição errada do seu nome e sossego pra sua vida.

A ssegunda aula foi com o Marcos Braz. Um jornalista informou que ele estaria a caminho de Portugal para tratar da contratação de um novo técnico para o  Twitter. Algumas horas depois, o próprio Maços Braz informou que estava no Rio, acabando com a narrativa dos jornalistas de plantão sobre a viagem e logística de contratação desse técnico. 

O "Vai amanhã?" que o jornalista mandou como resposta ao Braz virou meme, sticker de Whatsapp, piada generalizada e pode ser uma boa lição sobre a importância de quem conduz a narrativa, que estará sempre na frente da informação. Os outros que lutem. E perguntem, inclusive em rede social. 

Saudações! 


Espero que você tenha gostado do texto. Aproveite e confira também:

Poste um Comentário




Próximo
« Prev Post
Previous
Next Post »
0 Comentários

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!