Finalmente, um domingo de Flamengo!


Estava com saudades de um domingo com Flamengo na minha vida. Almoçar e esperar meu grande amor preencheu meu dia de uma forma que só compartilhando mesmo com vocês. 

A decisão mais sábia que tomei no fim de semana que teria o Flamengo no domingo foi não me estressar antes da hora com a tal plataforma que se anunciou que transmitiria o jogo. No domingo de manhã, testei com a senha que recebi do sócio torcedor e não tive problemas de acesso, embora a imagem fosse ruim. Porém, na hora do jogo, só conseguir acessar espelhando o celular e simplesmente travou com pouco mais de 3 minutos de jogo. Se não fosse uma amiga avisar que o jogo estava liberado na FLA TV, teria sofrido o primeiro tempo todo já que, com o celular espelhado, não teria acesso às redes sociais para a informação. Santa amiga!

Ficou provado que o Flamengo precisa se juntar a parceiros que sejam iguais ou maiores que ele, em qualquer área. Passou da hora do Flamengo deixar de servir de trampolim para empresa menor que nem presta um serviço tão bom. Se queriam fazer testes sobre uma nova forma de arrecadação de um novo modelo que está surgindo, erraram o parceiro e no timing da cobrança para essa arrecadação. Em 2020, ainda tem gente no clube que parece não ter noção das "dores" da torcida do Flamengo, como se comporta. Tudo foi uma bola tão fora que poderia chamar de pênalti do Baggio na final da copa de 94. 

Dito isso, vamos ao jogo, que foi assistido na FLATV, com uma ótima experiência. Eu gosto do Emerson, gosto do Raul Plassmann comentando, da repórter de campo, mesmo não podendo fazer entrevista é boa. Além disso, não tem comentários e narração contra o Flamengo. Acho um espetáculo não ouvir que o Vitinho, jogador que custou 10 milhões de Euros vai entrar no jogo. 

Quanto ao time do JJ, está jogando mais do que antes da parada da pandemia. A troca de jogadores com movimentação no ataque, os botes certeiros no meio de campo que definitivamente não deixa os adversários jogarem faz com que o time tenha amplo domínio das ações. No jogo contra o Volta Redonda, especificamente, o aumento da performance de jogadores como Filipe Luís e Gabigol como garçom vem para solidificar uma nova forma de se jogar.  

O Flamengo atacou com gosto. Se não fosse os toques pro lado na hora da conclusão e o goleiro do Volta Redonda, o melhor em campo, na minha opinião, poderíamos ter saído com uma goleada.  Não é exagero afirmar isso. 

A vitória por 2x0, com dois gols do Bruno Henrique trouxe a vaga na final da Taça Rio. Se vencermos o Fluminense na quarta-feira, ganharemos a Taça Rio e o campeonato carioca. Claro que a expectativa por novos títulos é grande. Há quem queira classificar títulos. Eu quero empilhá-los. 

Vai pra cima deles, Mengo! 

Saudações. 

Espero que você tenha gostado do texto. Aproveite e confira também:

Poste um Comentário




Próximo
« Prev Post
Previous
Next Post »
0 Comentários

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!