Outro PA-TA-MAR!










Mal sabia quem reclamava da declaração do Bruno Henrique que ele estava coberto de razão: o tal do outro patamar do Flamengo se mostra cada vez mais evidente.

Mais uma goleada para a maior campanha da história de pontos corridos do campeonato Brasileiro, Bruno Henrique se aproximou de vez do Gabigol e eles juntos tem mais gols do que mais da metade dos times nesse campeonato. Se isso não é outro patamar, por gentileza, me explique o que é.

Foi uma noite de resgate para torcedor que tanto passou aperto no coração com atuações pra lá de duvidosas de diversos times do Flamengo. Noite de redenção para gente que saiu algumas vezes puto porque o artilheiro do time perdeu gol na cara do gol e poderia ter sorte melhor no jogo. Noite de celebração para o rubro-negro que sofre, apoia, se diverte e faz do Flamengo a sua alegria, a sua cachaça.

O Hepta campeonato vem coroar um time do Flamengo, que mesmo não jogando com o time dito titular, consegue ter força e desenvolver o futebol capaz de virar um jogo e transformar em goleada, mesmo com toda a ressaca, justíssima, que muitos apostavam que derrubaria a invencibilidade do Flamengo.

Particularmente, para mim, foi a celebração de um Flamengo que eu vi fazer história no Maracanã e nos campos América, um Flamengo que meu coração se encheu de orgulho e que está me fazendo muito feliz.

Ainda temos Brasileiro pela frente, ainda temos alguns acertos para fazer no time mas o Mundial vem aí. E eu que já tenho a massa e a cobertura do bolo, quero os confetes em cima dele. Afinal de contas, bolo com confete é outro patamar, né?

Saudações!

OBS.: A pessoa que vos escreve é alucinada por confete.




Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.