Escanteio contra o Flamengo ? FUDEUUUUUU








Escanteios contra o Flamengo têm tirado a tranquilidade da defesa e dos torcedores durante o Campeonato Brasileiro. E essa apreensão é respaldada pelos números. Em oito oportunidades, os adversários balançaram as redes rubro-negras em lances iniciados com o tiro de canto. Como a equipe carioca já sofreu 32 gols até a 29ª rodada, isto significa que 25% deles são marcados através de cobranças de escanteio como os dois do empate por 2 a 2, diante do Avaí, no último domingo . O goleiro Marcelo Lomba avisou que Luxemburgo está ciente da dificuldade e vai treinar exaustivamente para que o combate à jogada aérea seja mais eficaz.

- O professor Vanderlei já detectou esse problema e tem algumas soluções. Vamos treinar bastante para que isso não se repita nos próximos jogos - assegurou o camisa 1 do Fla.

Não são apenas os escanteios, pois, se juntarmos a isso, quatro bolas levantadas na área em lances normais e mais uma falta que terminou na cabeça do atacante Junior, do Vitória, no empate por 2 a 2, pela 21ª rodada, chegamos a 13 jogadas construídas da mesma maneira, um percentual de 41% do total de gols sofridos. Em termos gerais, o Fla levou 18 gols de bola rolando (nove em jogadas trabalhadas, quatro em bolas levantadas, três em chutes de fora da área e dois em rebotes do goleiro ou da zaga), oito de escanteio, cinco de falta e um de pênalti.

Para não ter o sistema defensivo do Flamengo totalmente condenado, o meia Kleberson alerta para a qualidade dos cobradores rivais.

- Precisamos evitar faltas perto da área, escanteios e a desatenção. Mas nem sempre é falha da defesa. O adversário também tem mérito de cobrar bem o escanteio e se antecipar - explicou Kleberson.

Mérito das equipes rivais ou não, a fragilidade rubro-negra nas bolas levantadas em direção à área é um problema reforçado pelos números. Luxemburgo fez apenas dois jogos no comando da equipe e os dois gols que sofreu foram justamente em cobranças de escanteio. Se treinador e equipe pensam em voos maiores do que simplesmente escapar do rebaixamento ainda há tempo de corrigir este problema que até o momento parece insolúvel.

fonte > www.globoesporte.com

Comente:



Nenhum comentário

Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

Tecnologia do Blogger.