Futebol do Flamengo corre atrás de dinheiro no fim do ano

Futebol do Flamengo corre atrás de dinheiro no fim do ano


Torcida Flamengo x Atlético-MG (Foto: Cahê Mota)

Nesse fim de ano, as contas precisam fechar. A diretoria do Flamengo sabe disso e se movimenta para conseguir faturar mais. A bilheteria de jogos é a grande esperança pra isso. A venda de jogos para outras praças não está descartado e há negociação em curso para que o Flamengo mande jogos em Cuiabá em Manaus. 

A diretoria do Flamengo aumentou o preço dos ingressos para semifinal da Copa do Brasil. Jogo decisivo merece o esforço do torcedor? A diretoria acha que sim. E a estratégia deu certo. Mesmo com menos gente do que o jogo contra o Grêmio pelo Brasileiro, o Flamengo lucrou 7% a mais do valor total da renda (se comparado os dois jogos) e levou para a casa o valor de R$ 1.214.071,51. Gooooool do borderô.

Para faturar ainda mais, o Flamengo está negociando para fora do Rio os jogos contra o Coritiba e Vitória, pelo Brasileirão. Vale lembrar que, em caso de classificação para a final da Copa do Brasil, a logística para esses jogos não será atrapalhada. Das datas dos jogos são dias 16 e 30 de novembro, respectivamente.

O jogo contra o Coritiba está praticamente acertado para Cuiabá. Faltam apenas detalhes para a assinatura do contrato. O Flamengo já jogou no estádio, na derrota por 1 a 0 para o Goiás e teve boa resposta de público, com 40 mil pessoas presentes. Para o jogo contra o Vitória, o Flamengo tem Manaus (com maior possibilidade) e Natal como opção. Os dois jogos que o Flamengo realizou, contra Botafogo e América-RN se mostraram sucesso de público.

E qualquer uma das opções, o torcedor, aquele que faz parte da Nação é primordial para salvar o ano do clube. Desta vez, o financeiro.

Saudações!

Judô do Flamengo respira novos ares


http://1.bp.blogspot.com/_w11-zN7F-Ks/TI---htRb3I/AAAAAAAAJlY/-jIm_7SweTg/s1600/dojo.jpg

Com um projeto aprovado pela CBC (Confederação Brasileira de Clubes) que está incluso uma área nova de dojo,  uma academia recém inaugurada que é uma academia exclusiva para os atletas do clube e profissionais a nível de seleção brasileira, o judô do Flamengo tem tudo para crescer cada vez mais trazendo atletas de ponta para representar o clube.

Porém, o judô sofreu uma baixa nos últimos tempos. Depois de cinco anos no Flamengo, a meio-médio Katherine Campos, número 33 do ranking mundial entre as meio-médios e terceira melhor brasileira da categoria, saiu do clube. Katherine diz que o clube não aceitou que ela seguisse trabalhando com um preparador físico particular, fora da comissão técnica rubro-negra. Luisa Parente, nossa gerente de esportes terrestres, cita a não concordância a utilização de um preparador físico de fora e a não participação de Katherine, em cima da hora, de uma competição importante, apenas comunicando o Flamengo. A judoca alegou não estar em condições de disputar a Copa Rio Internacional de Judô e, na semana seguinte, viajou com a seleção brasileira para competir no Grand Prix de Zagreb, na Croácia. Mas foi tudo feito da forma mais cordial e respeitosa possível e vida que segue.

A reestruturação que o judô está passando deve dar ênfase a atletas mais novos, em formação. A estrutura que pretende-se ter aponta para isso. Que o clube consiga ter sucesso na formação de craques e ter um trabalho bem estruturado.

Saudações!

Vai começar mais uma jornada para o Fla Basquete

Vai começar mais uma jornada para o Fla Basquete

Depois de serem homenageados no gramado do Maracanã antes do jogo contra o Atlético Mineiro pelo decacampeonato carioca seguido, os meninos do Fla Basquete entram em quadra para a estreia da sétima edição do NBB que começará nesta sexta-feira com o embate entre o atual bicampeão e o Paulistano (atual vice). Se por um lado há alegrias, pela LDB, o Flamengo não vai bem e sofreu a sua quinta derrota.

Flamengo x Atlético-MG - basquete flamengo maracanã (Foto: André Durão)

No LDB - campeonato nacional da modalidade para atletas de até 22 anos, O Flamengo foi superado pelo Mogi das  Cruzes por 75 a 70 pelo LDB e chegou a terceira derrota em cinco jogos. Nesta sexta-feira, às 13h, o Flamengo encara o Regatas.

Pulando da LDB para o basquete profissional, acho que toda a homenagem pela vitória é válida. Mesmo. A vitória tem que ser comemorada. E assim foi com os meninos do basquete na quarta-eira no Maracanã. Campeão da Copa Intercontinental, da Liga das Américas, do NBB e do Carioca, o time de basquete do Flamengo foi homenageado com o Maracanã lotado antes da partida de futebol entre o Rubro-Negro e o Atlético-MG, no Maracanã, pela semifinal da Copa do Brasil. Os jogadores desfilaram no gramado com a taça da Copa Intercontinental, conquistada no mês passado, na Arena da Barra, após vitória sobre os israelenses do Maccabi Tel Aviv.

Para desfilar de novo no Maracanã, o Flamengo começa uma nova jornada. A estreia contra o vice atual do NBB, o Paulistano vai ser na casa deles, no ginásio Antônio Prado Jr, em São Paulo,  às 19h30 (de Brasília). Além de ter mantido seus principais jogadores, o Flamengo se reforçou com o campeão olímpico Herrmann que já caiu nas graças da torcida. O time busca o tricampeonato seguido, o que seria mais um recorde para a história grandiosa do basquete rubro-negro.

Boa sorte, meninos!

Curta a fanpage do Fla Basquete e Siga o twitter do Fla Basquete

Chicão: após um ano, na semifinal, outro gol!

http://1.bp.blogspot.com/-Ll40dd8NTEc/VFGvZ7_0QXI/AAAAAAABK9A/KGBAp-mp7NI/s1600/Chicao%2Bcomemorando%2B-%2BFlamengo%2Bx%2BAtletico-MG.jpg

Questionado, lento, tiozão da garotada. Eita jogador com tantas adjetivos esse tal de Chicão. Chicão chegou ao Flamengo depois de ser campeão do mundo pelo Corinthians mas não ser utilizado depois disso. Enquanto muitos achavam que vinha para ser um peso para o elenco, ele se manteve, mesmo na reserva, focado para ajudar o time, aonde fosse, no campo ou no banco de reserva.

Há um ano, Chicão fazia um gol, numa semifinal de Copa do Brasil de 2013 que ajudaria o Flamengo a se classificar no confronto contra o Goiás. O gol, dentro do Serra Dourada, numa cobrança de falta espetacular, deu a vitória ao Flamengo no jogo de ida. No jogo de volta, o Flamengo venceu por 2 a 1 e se classificou para a final contra o Atlético PR.



Desta vez, ele marcou o segundo gol contra o Atlético Mineiro. E confesso: quando o vi para bater o pênalti pensei: com essa marra toda, não vai errar.  O Victor pode até ter tocado na bola, mas a calma que aparentou e a confiança que bateu na bola, o Victor poderia defender, mas a bola voltaria nos pés do Chicão, que faria o gol.



Um ano depois, a mesma fase da competição, o mesmo jogador, a bola parada dando gol do Flamengo. Se coincidência não existe, que seja bom indício de que vem coisa boa por aí e mais uma final nos aguarda.

Saudações

Pós-Jogo: O poder que só o Flamengo tem!




http://4.bp.blogspot.com/-MrfUV5Ie3wY/VFDfrqDhpPI/AAAAAAAAAcY/cI7AegHDv1M/s1600/2c8a5voi9d7i17tegguyp2tlz.jpg

Foi uma quarta-feira que demorou a passar. Não mais do que outras quartas que já passaram pela minha vida quando o Flamengo entra em campo, mas demorou a passar. Demorou a passar mas o final dela foi caprichado. Ô se foi.

O Flamengo se impôs. Em nenhum momento, eu senti receio de sairmos com um placar adverso desse jogo. Posso ter levado susto com o golpe de vista do Paulo Victor ou uma falha ou outra do Samir mas aquela coisa de roer a unha, eu não tive. Se tivéssemos caprichado mais no último passe,  se os laterais não tivessem errado todos os cruzamentos e se o Everton tivesse jogado melhor, a vantagem seria nossa já no primeiro tempo.

 4 vídeos de Flamengo x Atlético MG - Semifinal - Copa do Brasil 2014

Entramos no segundo tempo decididos a ganhar o jogo.  E quando o Flamengo está decidido a ganhar um jogo com a Nação ao seu lado, o Flamengo GANHA o jogo. Se você não acredita nessa força, sinto muito. Eu a presencio e a aprecio. Bato palma, sou fã. Em duas jogadas do Gabriel (uma que ele sofreu a falta que originou a jogada do gol e outra foi um penâlti que ele sofreu), o Flamengo conseguiu uma vantagem para o segundo jogo deste duelo.

Comemorações dos gols do Flamengo contra Atletico MG - Semifinal da Copa do Brasil 2014

A parada está longe de ser decidida mas com o dia que tive hoje, estou felizona! O Flamengo, com essa Vitória com V maiúsculo, mudou a minha energia, "adoçou" o meu coração e  colocou um sorrisão o meu rosto. O Flamengo tem esse poder, de mudar a minha energia. Para o bem e para o mal. Quis o destino que hoje fosse para o bem.

O segundo jogo desse confronto é próxima semana, na quarta-feira, no Mineirão.  Quem já está torcendo para chegar logo? Pois é!

Saudações!


Defesa dupla do Paulo Victor Flamengo x Atletico MG Copa do Brasil 2014
Gol do Chicão - Flamengo x Atletico MG - Semifinal da Copa do Brasil 2014
Gol do Cáceres - Flamengo x Atletico MG - Semifinal da Copa do Brasil 2014

4 vídeos de Flamengo x Atlético MG - Semifinal - Copa do Brasil 2014

4 vídeos de Flamengo x Atlético MG - Semifinal - Copa do Brasil 2014


Festa rubro-negra: jogadores do Flamengo comemoram gol de Cáceres, o primeiro contra o Atlético-MG

Mengão venceu o Altético MG no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil 2014. Com dois gols no segundo tempo, a gente leva a vantagem para o segundo jogo.

Veja 4 vídeos que mostram como foi esse jogo.

Gol do Cáceres - Primeiro Gol do Flamengo



Gol do Chicão - Segundo Gol do Flamengo



Defesa Dupla do Paulo Victor



Melhores Momentos de Flamengo x Atletico MG

O maior mimimi de todos os tempos

O maior mimimi de todos os tempos
http://s2.glbimg.com/2YwGwoNiZH_qPhxe5tBjhHNcKKA=/620x390/top/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2013/08/02/joserobertowright_atletico_flamengo_glo.jpg_950.jpg

Não, não estou falando do Vasco. Nem do Botafogo. Aliás, conseguiram bater o Vasco, que mais uma vez está no seu lugar de direito, com o vice campeonato do mimimi de todos os tempos. Consguiram também bater o Botafogo, quue só adotou essa prática recentemente. Com essa semifinal com o Atlético Mineiro pela Copa do Brasil, resgataram nos confrontos passados entre os dois times o maior mimimi da história. Aconteceu em 1981 e dura até hoje.

Deixa eu explicar o que acontece desde então. Senta que lá vem história, mas prometo ser breve. Tudo começou em 1980, quando Flamengo e Atlético formavam as duas melhores equipes do país e as que mais cediam jogadores para a Seleção Brasileira. Zico e Reinaldo, cada qual por seus times, se destacavam e levavam os torcedores a loucura. Na final do Brasileiro, o primeiro embate, 1 a 0 para o alvinegro, gol de Reinaldo. No Maracanã, mais de 155 mil pessoas viram o rubro-negro ser campeão nacional pela primeira vez ao bater os mineiros por 3 a 2.Eles ficaram ATRAVESSADOS com o Flamengo. Afinal de contas um Galo só colocou tudo que foi atleticano para chorar.
No ano seguinte, pela Taça Libertadores da América de 1981, os dois times jogaram duas vezes pela fase de grupos. Houve empate nos dois jogos por 2x2 (um no Mineirão e outro Maracanã). Teve um jogo extra e o árbitro José Roberto Wright expulsou cinco jogadores do Atlético e a partida terminou ao 37 minutos do primeiro tempo. No fim, a Conmebol deu vitória do rubro-negro por W.O. Aha, Uhu, a Conmebol é nossa! Os destemperados até hoje choram por esse WO. E o detalhe: Flamengo ainda jogou SETE vezes para ser campeão do mundo. E aínda sim eles choram.

http://www.brincandonarede.com.br/conto/Livros/conto7/img/cap07/choro.gif
Não tem botafoguense que chore mais do que Atleticano quando lembra de 1981. Quer emputecer um? Fale sobre o quanto o Wright foi um bom juiz.
Pare com o mimimi, por favor!

Saudações!

O desafio do Cáceres

O desafio do Cáceres


Ele é um dos destaques nessa boa fase do Flamengo e isso ninguém pode negar. Tanto que ficou invicto um período e o Flamengo só perdia quando ele não estava em campo.  Esforçado e atento, Cáceres traz o combate na entrada da área que fez a defesa deixar de tomar gols no ano.

Cáceres é um marcador implacável e leal. É difícil vê-lo em discussões ou provocações dentro de campo. Concentrado, é peça importantíssima no esquema defensivo do Luxemburgo.

Com o ataque veloz do Galo e com a defesa lenta que o Flamengo vai a campo (Samir e Chicão), o posicionamento dele vai ser importante para que não haja espaço para o Diego Tardelli, principalmente.

O Flamengo tem que aproveitar o mando de campo para largar na frente no confronto pela Copa do Brasil. Não tomar gol com o regulamento da Copa do Brasil onde o gol na casa do adversário vale dois é quase uma vitória.

Espero que o Cáceres, junto com Marcio Araújo e Canteros consiga compor o meio de campo para trazer equilíbrio ao Flamengo nesse jogo. O desafio do Cáceres será evitar que os contra-ataques tenham sucesso!

Saudações!

Mais um título para o Fla Basquete

Mais um título para o Fla Basquete

Depois de ser campeão mundia de basquete e fazer 3 amistosos de pré-temporada da NBA, o orgulho da nação ganhou mais um título para a sua enorme galeria.  Sem perder o Carioca desde 2005, o Rubro-Negro repetiu um feito histórico alcançado de 1951 a 1960 pelo técnico Kanela e sagrou-se novamente decacampeão (10 títulos em sequência).

O campeonato carioca desse ano foi curto e esvaziado. Com apenas Flamengo,  Macaé e a Liga Super Basketball (LSB) disputando o título, a decisão ficou entre Fla e Macaé. Na primeira partida da decisão, nesta segunda-feira, os flamenguistas haviam vencido os macaenses por 93 a 81, fora de casa. Dentro de casa, no dia seguinte (hoje), o Flamengo venceu o Macaé por 98 a 85 e garantiu o decampeonato. Os jogdores comemoram o título com as duas mãos abertas Que beleza!!!


Na sexta-feira, vai começar mais uma temporada do NBB. Flamengo estreia na edição 2014/2015 do NBB contra o Paulistano, equipe que enfrentou na final do ano passado. A partida será na casa deles, no interior paulista, às 19h30 (de Brasília).

* Imagens da Fla Imagem, na página oficial do Flamengo.

Pré-Jogo: Flamengo x Altético MG - Copa do Brasil 2014

Pré-Jogo: Flamengo x Altético MG - Copa do Brasil 2014

http://s2.glbimg.com/6MDcbi_ESgtILw2SEMcgDpKC-oQ=/620x470/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2014/08/20/eduardodasilva-flamengo-atleticomg-andur-2.jpg

Flamengo está pronto para a primeira partida da semifinal da Copa do Brasil. Jogadores já foram relacionados, foram feitos dois treinos específicos para o jogo, o técnico já falou como o Flamengo vai jogar, a venda dos ingressos caminha para o Maracanã lotado e estou bem confiante. O que falta? Esse jogo chegar logo. Está demorando, né não?

 

Embora o Luxa já tenha dito que o Flamengo vai se expor, eu não acredito nisso. Do outro lado, com a velocidade do Diego Tardelli, duvido que ele não tenha armado o time sem as subidas dos laterais para não sobrecarregar a zaga lenta, que será formada pelo Samir e Chicão. Cáceres, Márcio Araujo e Canteros vão ser muito importantes nessa composição do meio de campo. Precisamos não levar gols porque o regulamnto da Copa do Brasil favorece times que fazem gols na casa do adversário. 



No ataque, a velocidade do Everton e a inteligência do Eduardo da Silva pode nos dar a vitória que acredito que teremos nesse primeiro jogo. Atlético Mineiro não é nenhum bicho de sete cabeças e há mais ou menos dois meses vencemos eles no Maracanã, com um lindo show da torcida. Show esse que tenho certeza que será repetido. Os ingressos para o Setor Norte e para o Maracanã Mais estão esgotados.


Embora muita gente prefira fazer o primeiro jogo fora, a forma como esse time do Flamengo vem jogando e tendo sucesso, conseguindo vitórias, me faz acreditar que decidir na casa deles não é tão ruim quanto o retrospecto apresenta. Não ter medo de ir pra cima nos momentos certos é o ponto de partida para conseguirmos a vitória. A vitória que nos dará uma margem para decidir na casa dos caras.

Vamos pra cima deles Mengoooooo!

8 vitórias do Flamengo em cima do Atlético MG no Maracanã

8 vitórias do Flamengo em cima do Atlético MG no Maracanã


http://imortaisdofutebol.files.wordpress.com/2014/01/flamengo-campeao-1980-2g.jpg?w=600&h=409

Vamos relembrar vitórias, algumas sensacionais, que o Mengão teve em cima do Altético Mineiro, no Maracanã? Abaixo tem 8 jogos, em diferentes períodos para nos trazer boas energias.

Espia aí:

Flamengo 5 x 1 Atlético MG - Pelé no Flamengo - 1979



Flamengo x Atlético-MG - Final 2 - Brasileiro 1980



Flamengo 2 x 1 Atlético MG - Brasileiro de 1982



Flamengo 1x0 Atlético-MG - Copa União 1987



Flamengo 3 x 2 Atletico-MG - Brasileiro 2003



Flamengo 4 X 1 Atlético-MG - Quartas-de-Final Copa do Brasil 2006



Flamengo 3x1 Atlético-MG - Brasileiro 2009



Flamengo 2 x 1 Atlético-MG - Brasileiro de 2014

Já vestiu seu Manto hoje?

Já vestiu seu Manto hoje?
http://www.flamengo.com.br/site/upload/noticias/20120531154514_650.jpg

Quero cantar ao mundo inteirooooooooo...
É meu maior prazerrrrr, vê-lo brilharrrr!
Estou sempre contigoooooooooo, somos uma Naçãooooooooooo!
FAVEEEEELA, FAVEEEEELA, FESTA NA FAVEEEELA!
Vencer, vencer, vencerrrrr!!!!
OOOOOOOO que torcida é essa???
No Maraca eu vou torcer, a Arco-Íris vai tremer e  o Mundial vocês nunca vão ter.

Flamengo - aquele que não precisa ser citado para ser reconhecido!

Parabéns pelo seu dia, mulambo! Já vestiu seu Manto hoje?

10 imagens do treino no Ninho do Urubu

10 imagens do treino no Ninho do Urubu


O Flamengo segue se preparando para o jogo contra o Atlético-MG, pela rodada de ida das semifinais, nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), no Maracanã.

Veja aí 10 fotos do treino de hoje no Ninho do Urubu












Fotos retiradas do site oficial do Flamengo - www.flamengo.com.br

Duelo argentino na semifinal da Copa do Brasil

Duelo argentino na semifinal da Copa do Brasil

Do nosso lado, Canteros. Do lado deles, Dátolo. Flamengo e Atlético Mineiro tem nos pés de argentinos esperança de boas jogadas no primeiro jogo da Copa do Brasil, no Maracanã.

Canteros chegou ao Flamengo no período da Copa do Mundo, quando todos os jogadores ainda estavam meio chateados com a ida do Elias para o Flamengo. A desconfiança em cima dele não foi pequena mas com talento, visão de jogo e seriedade, Canteros foi conquistando o coração do torcedor. Com a entrada dele e os bons resultados na chegada do Luxa consolidaram o argentino como titular absoluto do meio de campo do Flamengo.

Dátolo chegou ao Atlético Mineiro depois de rescindir o seu contrato com o Internacional, por não ter chance de ser escalado em um time com outros quatro estrangeiros. Com oportunidade de mostrar seu futebol, vem se destacando em jogos do Atlético, inclusive marcando gol.

Canteros também já marcou gol pelo Flamengo pelo Brasileirão e converteu o último pênalti na disputa contra o Coritiba, nas oitavas de final da Copa do Brasil. Ele parece ter se encontrado no Flamengo e afastou aquela coisa que jogador estrangeiro precisa de muito tempo para adaptação. Chegou, jogou e conquistou a torcida com o seu futebol.

Nesta quarta-feira, esses dois jogadores importantes para as suas equipes entrarão em campo no Maracanã. Preciso dizer que já estou torcendo para que o nosso argentino faça um golzinho?

Saudações!

Semana começa com ansiedade

Semana começa com ansiedade
 




Agora é para valer. O inicio de uma semana decisiva para o Flamengo sempre me causa ansiedade. E o Flamengo se preparou para ter sucesso nessa semana. Se vai tê-lo, é outra história. Luxemburgo seguiu a cartilha de poupar titulares de uma viagem longa, aprimorou parte física para os caras estarem voando contra o Atlético Mineiro e evitou, de quebra, que por algum azar, alguém se contundisse.

Os titulares que fizeram trabalho fisico com o preparador fisico Antonio Mello no Ninho do Urubu são os que fazem a diferença nesse time do Flamengo. Time esse que a torcida não tinha fé. A fé da torcida vem do Manto, vem do e para overmlho e preto que eles envergam. Essa é a mágica que leva milhares a comprar ingresso para a semifinal de forma antecipada.

Wallace, Fernando, Chicão, João Paulo, Léo Moura, Márcio Araújo, Cáceres, Canteros, Éverton e Arthur participaram do treino especial que, segundo o preparado físico vai deixá-los com  boas condições para as próximas partidas.

Independente do resultado do duelo contra o Atlético Mineiro, a comissão não tinha muita alternativa a não ser poupar essa galera. 

A partida contra o Atlético-MG é na quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Maracanã, no jogo de ida pela semifinal da Copa do Brasil. O segundo e decisivo duelo por uma vaga na decisão acontece em Minas Gerais, no Mineirão, dia 5 de novembro.

Fla Basquete chega invicto para final do Carioca

Fla Basquete chega invicto para final do Carioca


O Flamengo já estava garantido na decisão do Carioca de Basquete mas nem por isso deu mole no encerramento da primeira fase. Jogando sem ser com o time titular,  ele venceu a  Liga Super Basketball (LSB), no ginásio da Gávea, pelo placar de 99 a 56.

José Neto optou por colocar o time sub-22 em quadra, que disputa a partir da próxima terça-feira a Liga de Desenvolvimento de Basquete, que é campeonato nacional de base e a garotada não fez feio. 

A final do Carioca vai ser contra o Macaé em duas partidas e começa a ser disputado na próxima semana.  O primeiro jogo está marcado para segunda, em Macaé, e o segundo para terça-feira, na Gávea. Se o Flamengo ganhar, conquistará mais um titulo carioca, o décimo seguido. 

Futebol americano continua com ótimo desempenho

Futebol americano continua com ótimo desempenho

Flamengo FA x Corinthians Steamrollers Futebol Americano Torneio Touchdown (Foto: Divulgação) 

A boa campanha que o time de futebol americano do Flamengo teve na temporada passada, terminando em segundo lugar no Torneio Touchdown, continua em 2014. Tanto que, passada a fase inicial da competição desse ano, o Flamengo se classificou em primeiro para os playoffs.

No sábado, fora de casa, o Flamengo FA derrotou o Corinthians, um dos grandes adversários nesse ano e que está em segundo na classificação por 15 a 9.  No fim da partida, após bloqueio em chute rubro-negro, a equipe de São Paulo puxou um contra-ataque perigoso, para aquele que seria o touchdown da vitória, mas o kicker Raiam dos Santos, um dos grandes destaques da partida, interceptou a jogada, garantindo a vitória do Flamengo. Emoção até o último instante!


Posições no Futebol Americano

Os adversários de Flamengo e Corinthians nos playoffs serão definidos no próximo fim de semana, com o encerramento da primeira fase das conferências norte, sul e leste. A etapa decisiva do torneio começa nos dias 15 e 16 de novembro.
 

Pós-Jogo: Desculpa, Manaus!

Pós-Jogo: Desculpa, Manaus!

http://img.vavel.com/f-4344759294.jpg

Pela escalação, quem acompanha o Flamengo sabia que não dava para ser um grande jogo.  Com a cabeça na quarta-feira, mais precisamente no primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil, o time do Flamengo fez a festa do lanterna do campeonato e perdeu um jogo molezinha em um dos estados mais rubro-negros que tem no Brasil. A torcida de Manaus fez uma linda festa e não merecia esse bando que entrou em campo.

O primeiro tempo, que acabou com a vantagem do time do Botafogo, teve um Flamengo pouco inspirado em campo. Se não fosse a correria do Gabriel e as tentativas do Anderson Pico em ir ao ataque, poderia dizer que o Flamengo nada criou. Botafogo não foi lá essas coisas, mas conseguiu um gol e saiu com vantagem para o segundo tempo.

No segundo tempo, depois da entrada de Elton e Eduardo da Silva, o Flamengo melhorou no jogo. Indo mais para o ataque, o empate parecia certo. Cheguei a pensar "não é possível que com Elton e Eduardo da Silva não saia um gol de cabeça!" E não saiu. O Botafogo fez o segundo gol, que foi um golaço, num passe errado do Marcelo na saída da bola e parecia que a vitória estava encaminhada. O time do Flamengo cansado, sem ritmo de jogo e confuso estava em campo. Numa jogada do Anderson Pico, a bola, depois de bater a trave, sobrou para o Eduardo da Silva que diminuiu. A sensação que tive é que o Flamengo estava no jogo e que o empate era questão de tempo.

Mas o Flamengo não teve força para imprimir um ritmo mais forte em campo. Ainda teve uma bola que o Elton perdeu depois de uma cobrança de escanteio rápida do Anderson Pico, mas o goleiro deles salvou.

Time reserva, com jogadores que tem poucas chances de começar um jogo e com torcida favorável. Era para esses caras voarem ou "se matarem" em campo e o que eu vi foi um time morno. Um jogo como esse serve para definir quem não serve nem para compor elenco. Não é possível que quem monta o elenco não veja jogadores que não tem mais condições de entrar em campo pelo Flamengo.

 A torcida manauara não merecia a derrota, mas bola para frente. Continuamos com 40 pontos na tabela do Brasileirão e quarta-feira, como já falei, tem o primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil. É dia da Nação empurrar o time, mais uma vez.

Saudações!

Hernane: amadorismo ou falta de sorte?

Hernane: amadorismo ou falta de sorte?
http://www.mantosdofutebol.com.br/wp-content/uploads/2013/10/Camisa-comemorativa-pelos-28-gols-de-Hernane-%E2%80%8F-2.jpg

De volta ao início da temporada, se fizermos um retrospecto o Flamengo estava em vias de vender seu melhor atacante, artilheiro do Brasil no ano anterior praticamente em vias de começar a sua principal competição do ano, A Copa Libertadores da América.

O motivo não era outro senão a falta de dinheiro nos cofres do clube. A situação financeira do Flamengo nunca foi tão boa, mas não está nem perto de ser algo menos alarmante do que como está sendo tratada pela diretoria atual, diretoria que, diga-se de passagem, é a única no futebol brasileiro que nada contra a maré, com uma política de austeridade financeira que prima por pagar as contas e evitar novas dívidas.

O torcedor chiou, protestou, brigou e o Brocador ficou, porém o resultado da falta de dinheiro se refletiu dentro de campo, o Flamengo mais uma vez passou vergonha na competição sul americana.
O tempo passou, a crise financeira não. As pessoas no comando do Flamengo sabem que conseguir dinheiro, junto a bancos e investidores, custa caro e este é um recurso que o clube não gostaria de utilizar. Então veio a segunda tentativa por Hernane.

A direção, demorou, negociou, acertou o valor à vista, buscou garantias e negociou o jogador, que também queria ter a oportunidade de fazer seu pé de meia lá fora, nada mais justo para um atleta que honrou o manto como ele no Maracanã.

Mas em como toda negociação e principalmente se tratando de uma negociação internacional, o clube não recebeu a contrapartida prometida na negociação. Isso acontece nas melhores e piores famílias, digo, transações. Não é comum, quando se trabalha direito com pessoas sérias, costuma não acontecer, mas acontece.

Foi amadorismo ou foi má fé do Sheik? Um pouco de cada coisa. Prefiro pensar que é um mundo muito novo para estes senhores que dirigem o Flamengo, lidando com um ambiente muito viciado, em que as coisas funcionam muito de uma forma muito torta. Este pode ser o principal ponto negativo desta gestão, eles não sabem como se comportar no mercado. Mas há acertos e erros, alguns acertos fruto de mera sorte, exemplo o caso do Paulinho que veio como contrapeso numa negociação, como erros fruto de pura falta de sorte, eu acredito que este é o caso do Hernane.

SRN

Autor: Bruno Henrique de M. Nogueira, de Caruaru-PE
twitter: @brunohenriquemn

Paulo Victor é o goleiro do Flamengo para 2015?

Paulo Victor é o goleiro do Flamengo para 2015?



 http://extra.globo.com/incoming/13833121-3fa-9d3/w640h360-PROP/2014090431403.jpg

O Flamengo sofreu uma série de baixas em 2010 que conseguiram transformar o campeão brasileiro de 2009, de forma heróica, num timezinho sem vergonha da noite pro dia.

Se não bastasse perder seu templo sagrado, O Maraca, aposentou seu maestro, perdeu seu centroavante e uma das piores perdas, principalmente da forma que aconteceu, perdeu seu homem da meta. O goleiro Bruno foi acusado e condenado pela morte de Eliza Samudio, algo que eu jamais imaginei que poderia ver dentro do clube que eu tanto amo.

Desde então o clube não teve mais sossego em baixo das traves, o caro goleiro Felipe só serve para matar torcedor do coração com seus rebotes e mais rebotes dentro da área, o sujeito bate mais roupa do que a minha máquina de lavar em qualquer ciclo.

O Flamengo vinha de uma brilhante campanha na Copinha, onde se sagrou campeão como um grande time e como todo time vencedor tinha um grande goleiro. César vinha como uma grande promessa desde então, mas a juventude e os erros cometidos pelo Flamengo com jóias do passado frearam o progresso do rapaz dentro do elenco. Melhor pecar pelo excesso de zelo do que pela imprudência.
Desde que assumiu a camisa 1 rubro-negra, Felipe maltratou o coração dos torcedores mais controlados, mas o cara não perdia a vaga de titular, quando perdia era a chance do menos acreditado dos goleiros: Paulo Victor.

O Paulo Victor é um goleiro que alimentava a tradicional insegurança que o rubro-negro tem por novidades vestindo a camisa amarela de goleiro do rubro-negro carioca. Ele sempre cometia uma ou duas falhas imperdoáveis em suas atuações, levando a torcida à loucura!

http://s2.glbimg.com/Bij8M_Ct47viU_pCkmzZdmqmlvU=/0x0:1855x1264/690x470/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2014/09/04/paulovictor_glo_guitomoreto.jpgHoje, sem a sombra do Felipe, o goleiro vive seu melhor momento no Flamengo, é um dos melhores goleiros da competição e levanta uma série de questionamentos. Será que faltava só uma boa sequência para o jogador? Será que melhorou depois que ele teve a segurança de ser titular? Será que é apenas com uma fase, como a vivida pelo, também cria rubro-negra, Marcelo Lomba? Será que é sorte?

Só quem poderá responder estas perguntas é o próprio Paulo Victor, dando sequência ao seu trabalho. A reta final do ano poderá ser um grande termômetro para o atleta e eu torço muito por ele. Mas o Ximenes precisa ficar alerta e ter sempre um carta na manga,. O Jeferson, do Botafogo, é uma boa opção. Um jogador com tanta regularidade na Seleção brasileira justificaria uma titularidade para onde quer que ele vá quando sair do Botafogo. No Flamengo não seria diferente.

Comente abaixo! SRN

Autor: Bruno Henrique de M. Nogueira, de Caruaru-PE
twitter: @brunohenriquemn

O parceiro do Wallace na zaga do Flamengo

O parceiro do Wallace na zaga do Flamengo




Se tem um setor que está tendo uma modificação constante é a dupla de zaga do Flamengo. Ela está sendo tão modificada que é difícil saber quem é o parceiro do Wallace na zaga titular do Flamengo. Como nem ele anda jogando, o rodízio entre Marcelo, Samir, Chicão está sendo constante. Por um lado, poupa os jogadores da maratona de jogos. Por outro lado, não dá entrosamento para a dupla que entra em campo.

O Wallace não está jogando porque está machucado mas ele é o titular da posição pois vem numa boa fase faz tempo. Marcelo, Samir e Chicão brigam pela outra vaga e cada um tem seus prós e contras.

http://s2.glbimg.com/RvCiSI1DUxZ9Eyv23Zt3BamcBw8=/0x0:1836x1251/690x470/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2014/08/21/nacao.jpg 

O Marcelo parece estar na frente nessa briga, mesmo comentando uns erros que parece coisa de juvenil. Os penaltis que ele comete e a forma de-ses-pe-ra-da como afasta a bola da área é para dar frio na barriga de qualquer rubro-negro. A favor dele tem a performance da defesa quando ele está em campo. Tirando o jogo contra o Coritiba pela Copa do Brasil e Atlético PR pelo Brasileiro, é difícil o Flamengo tomar gol com ele em campo.

http://www.flamengo.com.br/site/upload/galeria/fotos/20141021182311_909.jpg

Samir é prata da casa e era titular absoluto junto com o Wallace antes de se machucar. Com a chegada do Luxa, foi para o fim da fila e só agora vem tendo chances de atuar mais. Zagueiro rápido e com uma boa antecipação de bola, precisa melhorar o seu jogo aéreo e marcação dentro da área.


http://zh.rbsdirect.com.br/imagesrc/16983907.jpg?w=640 

Chicão é o tiozão da galera. É essa a impressão quando eu o vejo querendo cumprimentar geral. Embora seja bom em antecipações, a sua lentidão fez o Flamengo levar muito susto na defesa. Tem a tranquilidade que a experiência lhe deu como ponto alto para organizar o time muitas vezes durante o jogo.

Qualquer que seja a sua preferência, é raro o time que tem três opções tão próximas uma da outra e que faz o treinador, no caso o Luxa, pensar em poupar ou nao jogadores em certos jogos.

Qual é o seu preferido?

Saudações!

Poupar ou não poupar: eis a questão!

Poupar ou não poupar: eis a questão!

http://s2.glbimg.com/9DPu745gpYdjoe2vVc0VYAGkPgY=/0x22:2000x1384/690x470/s.glbimg.com/es/ge/f/original/2014/10/22/flamengo-internacional-maracana-andur.jpg


Parece que o Luxemburgo vai poupar o time titular da viagem à Manaus por causa do cansaço e distância do Rio de Janeiro. Com a folga na pontuação na tabela do Brasileirão, as semifinais da Copa do Brasil já começando na próxima semana e o fim do ano chegando, fica difícil não entender a atitude do treinador a essa altura do ano.

Com a vitória contra o Internacional, o Flamengo chegou aos 40 pontos, está em 10º lugar e com o campeonato chegando ao fim, aquela coisa de rebaixamento vai se afastando. É óbvio que isso faz a pressão de não escalar o time considerado titular, num clássico, mesmo sendo em outro estado não ser tão grande. Luxa vai escalar o time reserva e nem vai sofrer tanta pressão por isso.

A disputa da semifinal da Copa do Brasil contra o Atlético Mineiro vai começar próxima semana. Poupar o time para não perder jogadores importantes nessa fase é primordial. Com o primeiro jogo no Rio de Janeiro, é complicado pegar um jogador que já está desgastado, fazeruma viagem longa, jogar e ter um descanso ideal para a semifial. É chegada a hora de economizar a energia. Além do mais, a Copa do Brasil, nessa próxima semana, deve ser prioridadepara o Flamengo. É a última chance no ano de se conquistar um titulo.

O desgaste físico para alguns jogadores está "batendo no teto". Não é a toa que o Luxemburgo já incorporou o rodizio de jogadores na zaga do Flamengo. Apesar de ter suspensões por cartões vermelhos e amarelos no meio disso, a lesão do Wallace parece ter acendido a luz vermelha da atenção em relação a isso. Agir de forma preventiva em jogadores que vem jogando seguidamente vai fazer que com não haja desfalques nesses nmomentos finais de um ano que o Flamengo jogou muito. Jogou muito e tevepreparadores físicos diferentes, o que não é o ideal.

Chegamos ao fim do ano brigando por "coisas". Por estar brigando por "coisas", surgiu essa dúvida de poupar ou não jogadores. Na fase que estamos, é prudente poupar jogadores. Luxemburgo, com muitos quilometros no futebol, percebeu isso e já sinalizou que isso deverá ser realidade no jog contra o Botafogo em Manaus.

Saudações!

Pós-Jogo: Flamengo no ritmo de Gabriel e Paulo Victor

Pós-Jogo: Flamengo no ritmo de Gabriel e Paulo Victor
Gabriel e Nixon, comemoração do Flamengo contra o Internacional (Foto: Andre Durão)

Ainda estou com dor de cabeça do grito da comemoração do segundo gol. Caraca, que golzinho salvador num jogo que foi blergh no primeiro tempo e melhorzinho no segundo tempo. O fato é que o Luxa, que deu nó no jogo passado no time, desta vez acertou as substituições e o Flamengo conseguiu fazer o placar. Mais três pontinhos para a conta. Mais uma atuação digna de aplausos para o Gabriel e para o Paulo Victor.

O Flamengo procurou mais o jogo tanto o primeiro tempo quanto no segundo tempo mas foi o Inter que quase marcava logo aos 10 minutos. Com uma defesa numa jogada sensacional do ataque do Internacional, Paulo Victor salvou o Flamengo. Depois disso, o  Gabriel arriscou um chute de fora da área e foi o melhor momento do Fla no primeiro tempo. Com o juiz deixando o jogo rolar e marcando pouca falta, o melhor estava para vir no segundo tempo.

No intervalo, Jayme de Almeira ex-técnico, participou de uma homenagem no gramado do Maracanã representando seu pai, que estava na conquista do Flamengo no primeiro tri de 44 do Fla! Torcida homenageou o técnico cantando eu nome.
Parece que a presença de Jayme animou a torcida. Amigos, o Flamengo voltou disposto a conquistar a vitória. Luxa mexeu bem no time. As entradas de Luiz Antonio, Nixon e Elton nos lugares de Marcio Araujo, Eduardo da Silva e Everton fez o Flamengo ir para ima do Inter e num cruzamento de Nixon pea esquerda, Gabriel fez o primeiro gol
Depois do primeiro gol, o Inter foi para cima, meio desorganizado Quando se organizou e chegou para concluir, teve Paulo Vitor numa noite espetacular. Como vem bem o Paulo Victor no gol do Flamengo. Enquanto o Inter tentava o gol de empate, o Flamengo tentava o contra-ataque. Depois de perder dois ou três gols, Gabriel, num chute de fora da área depois de uma rebatida do Léo Moura, fez o segundo gol. Gol que acalmou o me coração e comprovou a boa fase do menino vitamina.
Próximo desafio do Flamengo no Brasileiro é contra o Botafogo, em Manaus. Viagem longa, que vai trazer cansaço para o time mas temos que ir atrás de mais pontos.
Vamos Flamengo!
Saudações!

Veja os dois gols do Gabriel contra o Internacional


Flamengo venceu o Internacional do Maracanã com dois gols do menino vitamina, o Gabriel.

Veja os gols: 

1º gol



2º gol

Nova camisa retrô do Flamengo é lançada

Nova camisa retrô do Flamengo é lançada
flamengo adidas camisa retrô (Foto: Divulgação)



Lá vem mais coisa linda pela frente! A adidas, fornecedora de material esportivo de Flamengo,  lançou mais uma camisa retrô em homenagem ao clube. A peça custa R$ 299,90 e está disponível no site oficial da marca.

A camisa foi criada a partir do primeiro modelo "away" oficial usado pelo time. Nela, as duas cores predominantes do clube atravessam a peça na horizontal, trazendo os logos na vertical e cadarço na gola.

Achei linda e você?

10 grandes nomes da Natação do Flamengo


Grande nomes já passaram pela Natação do Flamengo. Ídolos nacionais, referência para a criançada e que levou o nome do Flamengo para longe e para o lugar mais  alto do pódio. Confesso que alguns nomes eu não sabia da história e fui buscar no livro A Nação.

http://www.idoloseternos.com.br/wp/wp-content/uploads/2014/01/marialenk.jpg

Essa relação nao poderia começar se não fosse pela grande Maria Lenk. Primeira mulher sul-americana a competir em Olimpíadas, nos Jogos de Los Angeles, em 1932. Em 1939, bateu os recordes mundiais dos 200 e 400m peito, tornando-se a única nadadora sul-americana recordista mundial. Ela ainda foi recordista mundial dos 200m peito entre 8/11/1939 e 19/03/1941, com a marca de 2,56 minutos, posteriormente superada pela alemã Anni Kapell, que nadou 2,55.5. Foi o primeiro recorde mundial da natação brasileira!

Armando Coelho de Freitas

Nos anos 1930, foi o primeiro nadador da América do Sul a baixar a marca de um minuto nos 100m livre. Foi a primeira estrela da natação rubro-negra no masculino.

Maria Elisa Guimarães

Nadadora rubro-negra, em 1976, conseguiu o indíce técnico e disputou os Jogos de Montreal 1976, aos 17 anos. No mesmo período, se tornou a primeira nadadora sul-americana a nadar abaixo de um minuto a distância dos 100m livre, além de ter sido recordista sul-americana dos 100m livre, 200m livre, 400m livre, 800m livre e 1.500m livre.

Jorge Fernandes

Ganhou a primeira medalha da natação braileira em Olimpíadas, um bronze no revezamento 4x200m livres nos Jogos Olímpicos de Moscou.

Rômulo Arantes

http://1.bp.blogspot.com/_gK8gTd3LAug/ScB70UEZGCI/AAAAAAAAAAU/2C5laXgiOc8/s400/r55.bmp

Outra estrela das piscinas rubro-negras, prata nos 100m costas e bronze no revezamento 4x100m livre nos Jogos Pan-Americanos de 1979.

Ricardo Prado


http://raia-quatro-blog.zip.net/images/prado.JPG

Aos 17 anos, sagrou-se campeão e recordista mundial na prova dos 400m medley em Guaiaquil, no Equador, foi medalha de ouro nos 200m medley e nos 400m medley, prata nos 200m borboleta e nos 200m costas nos Jogos Pan-Americanos de 1983, prata nos 200m costas, bronze nos 200m medley e no revezamento 4x100m medley nos Jogos Pan-Americanos de 1987, prata nos 400m medley nos Jogos Olímpicos de 1984. Ricardo Prado foi o quarto brasileiro a conseguir um recorde mundial na natação, nos 400m medley, entre 8/08/1982 e 23/05/1984 ninguém foi capaz de superar sua marca de 4,19.78 minutos, batida pelo alemão oriental Jens Peter Berndt.

Patrícia Amorim

http://blogsdagazetaweb.com.br/arivaldomaia/wp-content/uploads/2011/05/30303030303patriciaamorim.jpg

Foi heptacampeã brasileira absoluta, pentacampeã sul-americana (1984 a 1988), recordista sul-americana dos 200m, 400m, 800m e 1.500m nado livre, tendo sido a primeira nadadora da América do Sul a baixar a marca dos nove minutos, na prova dos 800m nado livre e os 17 minutos na prova de 1.500m livre. Patricia, dentro da piscina e para a época, foi um fenomeno. Pena que a Natação no Brasil tinha uma distância imensa da Natação Mundial.

Fernando Scherer

http://e.i.uol.com.br/album/110718medalhistas_fazenda_f_020.jpg

Foi ouro nos 50m livre, prata no revezamento 4x100m livre e 4x200m livre, e bronze nos 100m livre nos Jogos Pan-Americanos de 1995, ouro nos 50m livre e nos 100m livre, no revezamento 4x100m livre e no revezamento 4x100m medley nos Jogos Pan-Americanos de 1999, bronze nos 50m livre nos Jogos Olímpicos de 1996 e no revezamento 4x100m livre  nos Jogos Olímpicos de 2000.

Monique Ferreira

http://1.bp.blogspot.com/-XxNiMXoMXxw/Tu8-vUxFDJI/AAAAAAAAEBQ/LDwZZOxKd48/s320/201107141510595429_ampliada.jpg

Conquistou as medalhas de bronze nos 4x200m livre nos Jogos Pan-Americanos de 1999, prata no revezamento 4x200m livre, bronze nos 400m livre e no revezamento 4x100m livre nos Jogos Pan-Americanos de 2003.

César Cielo

http://2.bp.blogspot.com/-UBE02SRQ6qo/Tg311qofnfI/AAAAAAAADmI/d5bFSOy0BJA/s1600/cielo+25+08.jpg

Recordista mundial dos 50m livre desde 18/12/2009 com o tempo de 20,91 segundos, e recordista mundial dos 100m livre desde 30/07/2009 com o tempo de 46,91 segundos. Cielo foi Medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008 nos 50m livre e Medalha de Bronze nos 100m livre.

Observem que essa lista não tem a pretensão de ser uma lista com os maiores nomes da Natação. É uma lista feita com grandes nomes, que levaram o nome do Flamengo ao mundo.  Sei que tem a Piedade Coutinho, Mariana Brochado, Marcelo Jucá, Cristiano Michelea, as irmãs Eliana e Eliete Motta (que escreverei em outro post a importância delas na Natação Rubro-Negra) e outros que nadaram lindamente pelo Fla.

Você sentirá saudades do goleiro Felipe?




Felipe chegou ao Flamengo em janeiro de 2011, por indicação do técnico Vanderlei Luxemburgo, o mesmo que o tirou do time após reassumir o comando  há três meses. Dizem que Luxa o elegeu como um dos responsáveis pela demissão em 2012. Na época, o treinador viu o goleiro como um dos articuladores da queda, principalmente pela boa relação que tinha com Ronaldinho Gaúcho. Quando voltou o Flamengo, tratou de afastar o goleiro, que já não vinha numa fase constante.

A fase inconstante do Felipe no Flamengo em 2014 começou com Jayme e passou pelo Ney Franco. Lesões e atuações ruins (mesmo tendo se destacado num jogo fora da Libertadores) marcaram o troca-troca no gol do Flamengo até que Luxemburgo chegasse e o colocasse como terceiro goleiro. Atitude, diga-se de passagem, que muito treinador não teria. Luxemburgo tem o direito de não querer trabalhar com ele e foi bem claro. Passou o César na frente e desde então o Felipe sabe que dificilmente voltaria a jogar no Flamengo.

Não dá para sentir muitas saudades do Felipe. O titular do Flamengo, o Paulo Victor, vem desempenhando um bom papel. Ele está numa fase excelente, inclusive salvando o Flamengo em inúmeras ocasiões nos últimos jogos. Parou de tomar gol bobo e tem me surpreendido com declarações curtas, certeiras e de um goleiro amadurecido.

Segundo reportagem da ESPN, Felipe negocia pagamento de direitos de imagem atrasados e rescisão para que comece 2015 em outro clube. Boa sorte ao goleiro que, mesmo tendo estilo fanfarrão, sempre respeitou a torcida do Flamengo.  Com a boa fase do Paulo Victor, a saudade não será tão grande, mesmo tendo uma empatia com ele. Bicampeão carioca, campeão da Copa do Brasil, fez 188 partidas  e sofreu 200 gols. Foram 91 vitórias, 54 empates e 43 derrotas. Ganhou o título de declaração mais polêmica de 2014, por enquanto.

Boa sorte, Felipe!

A falta do chute de longa distância


Chuva, campo escorregadio, grama. A primeira coisa que eu penso quando começa a chover quando estou vendo um jogo de futebol é que é uma ótima oportunidade para se chutar a distância. Ontem, no jogo contra o Atlético Paranaense choveu de dar gosto. Sabe quantos chutes o Flamengo deu ao gol, a média distância para tentar aproveitar isso tudo que eu falei aí acima?

Pensando nisso, estou aqui tentando lembrar qual foi o último gol que a gente fez fora da área, num chute a média/longa distância, com a bola rolando. Lembrei do chute do Paulinho contra o Corinthians no ano passado no Maracanã, do gol do Amaral na final da Copa do Brasil e deve ter tido outro que não estou me recordando, não é possível.

O fato é que o Flamengo não anda tentando esse chute a longa distância que ontem, por estar chovendo e a defesa do Atlético Paranaense ter se fechado no segundo tempo, poderia ter sido uma alternativa para o Flamengo. O chute de longa distância também é uma forma de abrir a defesa adversária, que avança para a marcação e deixa espaços vazios.

Vamos ver se o Flamengo utiliza esse recurso nos jogos que faltam no Brasileirão e na Copa do Brasil. Pode ser uam arma importante para "furar!" defesas retrancadas.

Saudações!