Tabu existe para invicto quebrar






Entramos em campo ontem com uma historinha que desde 2007 não ganhávamos do time azul com camisa esquisitona de Minas Gerais. Nem precisamos ter uma atuação mega power do Ronaldinho para trazer três pontinhos de um campo que parece de um sítio de tão apertado. E agora? Qual é o próximo tabu a ser quebrado? Com uma atuação mediana, mas segura, o time do Flamengo trouxe mais uma vitória fora de casa  e continua com a sua caça ao líder do campeonato.

Se não tivemos uma atuação brilhante que justificasse a vitória em cima do Cruzeiro, bastou uma jogada do Ronaldinho, com a calma do Deivid na conclusão para que o gol da vitória saisse.

Vamos as notas dos jogadores, feita com a média das notas de todos as avaliações feitas pelos leitores e a nota do blog, como efeito de comparação!





  • Embora seja criticado por boa parte da torcida, Deivid é o vice artilheiro do campeonato, com incríveis 6 gols. Sinceramente, o que a torcida quer mais?
  • Como a camisa do Flamengo caiu bem no Junior César. Se antes a lateral esquerda era uma preocupação, agora é um dos pontos altos do nosso time, tamanho é a regularidade do Junior.
  • A doação que o Thiago neves tem para o time com a sua sempre disposição é coisa de quem está sem freio. E no jogo de ontem, Thiago usou e abusou do toque de primeira, dando velocidade as nossas jogadas.  Gosto disso. Gosto dessa disposição.


          • O Botinelli teve a chance de fazer o jogto correr e não aproveitou. Burocrático, a bola sempre que passou pelos seus pés nã chegou de forma rápida ao ataque prejudicando a velocidade do jogo do Flamengo. 
          • De novo o Renato Abreu não acompanhou o ritimo do time. Hoje ele jogou mais recuado, meio que de segundo cabeça de área porque Willians estava suspenso.  E não conseguiu desenvolver o jogo do meio de campo.
            O campeonato Brasileiro não pára. Sábado já tem jogo de novo, contra o Coritiba.  Essa fase que o campeonato tem jogo dia de semana e fim de semana mostra o quanto o trabalho que está sendo feito no Flamengo é bom, já que não temos jogadores com lesões musculares, permitindo o Luxemburgo  trabalhar com o elenco que ele quer.

            Continuamos nossa caminhada rumo ao Hepta e nem preciso falar o quanto pontos fora de casa é importante para a nossa manutençao lá em cima da tabela.  Continuamos invictos, quebrando tabus.

            O que mais eu quero? Que o Flamengo continue jogando como Flamengo!

            Comente:



            Nenhum comentário

            Comente, sempre, com educação. Se você é do Twitter, do Facebook ou de outra rede social, deixe o seu contato para que eu possa agradecer.
            Ah, não esqueça nunca: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!

            Tecnologia do Blogger.